Início » Brasil » Três Poderes combinam pacto para retomada do crescimento
BRASÍLIA

Três Poderes combinam pacto para retomada do crescimento

Presidentes da República, do STF, do Senado e da Câmara se comprometem a assinar pacto com metas em resposta às manifestações do último domingo

Três Poderes combinam pacto para retomada do crescimento
A expectativa é que o pacto seja formalizado no dia 10 de junho (Foto: Flickr/Palácio do Planalto)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário se comprometeram a assinar um pacto com metas em resposta às demandas dos protestos ocorridos no último fim de semana.

A decisão foi tomada durante uma reunião nesta terça-feira, 28, no Palácio do Planalto, entre os presidentes da República, Jair Bolsonaro, da Câmara, Rodrigo Maia, do Senado, Davi Alcolumbre, e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

Também participaram da reunião os ministros da Economia, Paulo Guedes, e do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno.

A expectativa é que o pacto seja formalizado no dia 10 de junho. No esboço, consta o compromisso com a segurança pública e com as reformas tributária e da Previdência – esta última apontada pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, como crucial para a retomada do crescimento e da geração de emprego.

“O Brasil está desequilibrado fiscalmente e com deficit fiscal de R$ 50 bilhões por ano que tem origem só na Previdência. Claro que isso fez parte da conversa, estão todos preocupados e todos querem construir um caminho aonde o Brasil possa passar o portal do equilíbrio fiscal e aí ir para o caminho da prosperidade, que é o que todos nós desejamos”, disse o ministro.

Fontes:
Agência Brasil-Onyx: Três Poderes assinarão pacto para retomada do crescimento

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *