Início » Brasil » Tribunal da Itália autoriza extradição de Pizzolato
Ex-diretor do Banco do Brasil

Tribunal da Itália autoriza extradição de Pizzolato

Decisão do Tribunal de Cassação da Itália reverte a vitória que o ex-diretor do BB obteve na primeira instância

Tribunal da Itália autoriza extradição de Pizzolato
Henrique Pizzolato participa de culto na Itália (Fonte: Reprodução/Folha)

A Justiça italiana decidiu extraditar o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, que deve ser preso ainda nesta quinta-feira, 12.

A decisão do Tribunal de Cassação da Itália reverte a vitória que Pizzolato obteve na primeira instância.

A partir do momento em que for notificado, o Ministério da Justiça terá 20 dias para decidir se o petista será ou não devolvido ao Brasil.

Henrique Pizzolato foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão no julgamento do esquema do mensalão.

Em novembro do ano passado, o Tribunal de Apelação de Bolonha negou o pedido de extradição do ex-diretor do BB por entender que o Brasil não ofereceu garantia de segurança ao condenado.

O governo brasileiro admitiu que há problemas no sistema carcerário do país, mas afirmou que, no caso específico de Pizzolato, não haverá riscos, ressaltando que ele cumprirá a pena no mesmo pavilhão da Papuda onde outros mensaleiros estiveram presos.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Justiça italiana anuncia extradição de Pizzolato, que deve ser preso nesta quinta

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *