Início » Brasil » TSE rejeita cassação da chapa Dilma-Temer
POR 4 VOTOS A 3

TSE rejeita cassação da chapa Dilma-Temer

Decisão mantém Michel Temer na Presidência da República

TSE rejeita cassação da chapa Dilma-Temer
Placar da votação ficou em 4 a 3 (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta sexta-feira, 9, absolver a chapa Dilma-Temer, que ganhou as eleições de 2014, da acusação de abuso de poder econômico e político, por meio de financiamento ilegal de campanha. O placar da votação ficou em 4 a 3.

Leia também: Cartas marcadas

A decisão livrou o presidente Michel Temer de perder o mandato atual e a ex-presidente Dilma Rousseff de ficar inelegível por oito anos.

Quatro dos sete ministros do TSE absolveram a chapa. São eles: Napoleão Nunes Maia, Admar Gonzaga, Tarcisio Vieira Carvalho, e Gilmar Mendes, que deu o voto de desempate no julgamento. Os três ministros que votaram a favor da cassação foram Herman Benjamin (relator do processo), Luiz Fux e Rosa Weber.

Ao votar, o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, afirmou que “a cassação de mandato deve ocorrer em situações inequívocas”, e que “não se substitui um presidente da República a toda hora, ainda que se queira, porque a Constituição valoriza a soberania popular”.

Já o relator do processo, ministro Herman Benjamin, que pediu a cassação da chapa Dilma-Temer e do mandato de Michel Temer como presidente, ressaltou que as provas coletadas indicam que a chapa recebeu doações ilegais: “Prova testemunhal, prova documental e em alguns casos até mesmo prova pericial feita pela Polícia Federal nos autos da Operação Lava Jato”.

O julgamento da chapa Dilma-Temer durou quatro dias e é considerado um dos mais importantes da história do TSE. As sessões, que duraram mais de 25 horas no total, foram marcadas por bate-bocas entre os ministros, principalmente entre Gilmar Mendes e Herman Benjamin.

O processo contra a chapa Dilma-Temer começou com uma ação movida pelo PSDB, após o partido ser derrotado nas eleições presidenciais de 2014.

Em declaração à imprensa, o porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, disse que Michel Temer recebeu a decisão do TSE como um “sinal de que as instituições nacionais continuam a garantir o bom funcionamento da democracia brasileira”. Ainda segundo Parola, Temer ressaltou que a Justiça prevaleceu de forma “plena e absoluta” e o Judiciário se manifestou de forma “independente”.

Fontes:
Uol - TSE não vê crime em eleição de Dilma e mantém Temer no poder
Uol - Temer comemora absolvição no TSE ao lado de ministros no Planalto; "a Justiça prevaleceu"

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. Maria disse:

    É uma pena! É lamentável o que vemos de nossos representantes!
    Vossa Excelência Michel temer se aposentou cedo e com mais de duas aposentadorias bem gorda.
    Porque agora quer esmagar o povo brasileiro?
    Acabem com a roubalheira no Brasil,que terá dinheiro de sobra para pagar o povo honestamente.
    É vergonhoso o que vemos!
    Se a justiça não fizer “nada” com esses trapaceiros,mascarados de homens públicos, o povo não tem porque respeitar as leis.O que será deste País?
    Qualquer um poderá fazer o que eles fizeram e não serão punidos.

  2. laercio disse:

    Se o direito não se presta a manter a qualidade de vida de um povo pode joga-lo no lixo porque não serve para mais nada!

    O povo não tem positiva de melhoria de vida, e não é porque não sabe votar mas sim porque não há em quem votar!

    Os políticos presentes não se prestam ao compromisso com a nação mas sim com seus interesses bem como de seus pares!

  3. Lucinda Telles disse:

    Foi uma farsa, desde abril já se sabia os votos de cada ministro.

  4. Markut disse:

    Talvez uma visão menos imediatista do problema, permita visualizar uma fase de transição abrangente, até por uma questão de sobrevivência.
    Apesar das caraterísticas regionais, o problema é global.
    Tudo o que nos incomoda mais, atualmente, a crise do capitalismo predador, a corrupção deslavada e universal,a precária educação básica , sugerem um período de transição , não a caminho do paraiso, na terra, mas da correção de rumos do desenvolvimento das sociedades humanas, graças a alguns instrumentos de comunicação e de informação, insuspeitados, há poucas décadas atrás, e que o vertiginoso desenvolvimento de novas tecnologias faculta.
    Tudo menos mudar a essência da natureza humana, que é imutavel, com a qual teremos que conviver, “per omnia secula seculorum”,apenas criando mecanismos para disfarçar, um pouco que seja, o lado obscuro da índole humana.

  5. Rogerio Faria disse:

    A Deusa Themis deve estar com vontade de fazer um hara-kiri com a sua espada.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *