Início » Brasil » TST determina que Correios paguem dias de greve
PARALISAÇÃO SUSPENSA

TST determina que Correios paguem dias de greve

Funcionários foram comunicados na semana passada que seriam descontados pelo período de paralisação

TST determina que Correios paguem dias de greve
Trabalhadores reivindicam reajuste salarial pela inflação (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou nesta quinta-feira, 19, que os Correios paguem os funcionários durante o período não trabalhado por conta da greve no setor iniciada no dia último 10 e suspensa no dia 17.

Na última sexta-feira, 13, os funcionários dos Correios foram comunicados que seriam descontados pelo período de paralisação.

Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial pela inflação, manutenção de benefícios e são contra a privatização dos Correios, que vem sendo defendida pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

O ministro Mauricio Delgado, do TST, ressaltou que, como os funcionários dos Correios se mostraram dispostos a negociar em uma audiência convocado pelo tribunal no último dia 12 após a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) apresentar um pedido de dissídio coletivo de greve, o desconto por conta da paralisação poderia resultar no retorno da greve.

O julgamento do dissídio coletivo está marcado para o dia 2 de outubro.

Fontes:
Folha de S.Paulo - TST determina que Correios paguem funcionários durante período de greve

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *