Início » Brasil » Último debate dos presidenciáveis é marcado pelo tema ‘Corrupção’
Eleições 2014

Último debate dos presidenciáveis é marcado pelo tema ‘Corrupção’

A corrupção foi um dos temas predominantes. Outro destaque, logo no primeiro bloco, foram as polêmicas declarações sobre homossexualidade feitas pelo candidato do PRTB

Último debate dos presidenciáveis é marcado pelo tema ‘Corrupção’
Debate na TV nesta quinta-feira, 2, foi marcado por acusações entre os sete principais candidatos à Presidência (Reprodução/Estadão)

Os principais candidatos à Presidência da República citaram propostas, posições e trocaram acusações nesta quinta-feira, 2, no último debate que antecede as votações do primeiro turno, transmitido pela TV Globo. Participaram do debate Dilma Rousseff, do PT; Marina Silva, do PSB; Aécio Neves, do PSDB; Luciana Genro, do PSOL; Levy Fidelix, do PRTB; Eduardo Jorge, do PV, e Pastor Everaldo, do PSC.

A corrupção foi um dos temas predominantes na tribuna. Outro destaque, logo no primeiro bloco, foram as polêmicas declarações sobre homossexualidade feitas pelo candidato do PRTB. “Tu apavorou, chocou, ofendeu e humilhou milhares de pessoas com o teu discurso homofóbico”, disse Luciana Genro, que pediu, junto com Eduardo Jorge, que o candidato Levy Fidelix se desculpasse pelo que disse no debate anterior.

O formato adotado pelo programa favoreceu o embate direto, já que os oponentes ficavam frente a frente para fazer perguntas e dar respostas. As mútuas acusações pontuaram casos de corrupção como o escândalo da Petrobras, Correios e o mensalão, destacando principalmente a atuação do PT nestes casos.

Como defesa, a candidata à reeleição lembrou do combate à corrupção realizado em seu governo e que ela mesma demitiu o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa do cargo por envolvimento no esquema. “Não é o que diz a ata do Conselho. A ata diz que o diretor renunciou”, rebateu Aécio, o que foi contestado pela petista.

Luciana Genro e Marina Silva levantaram a origem do mensalão com o PSDB. “Você também esteve no partido que começou o mensalão, que foi a compra da reeleição. E você mesmo continuou no partido. Pessoas boas existem em todos os partidos, e pessoas que comentem erros, como nos mensalões do PT e do PSDB, também existem”, respondeu Marina Silva, quando questionada por Aécio sobre dar exemplo de nova política, já que durante o mensalão preferiu ficar no PT.

Em duas horas e meia de debate, as propostas mais uma vez pouco apareceram. As discussões foram divididas em quatro blocos, sendo dois para temas livres e dois com temáticas sorteadas, sendo mediado pelo jornalista William Bonner.

Fontes:
G1 - Confrontos entre candidatos marcam debate tenso às vésperas do 1º turno
Estadão - Corrupção toma conta de último debate na TV

4 Opiniões

  1. Jose Roberto disse:

    A presidente Dilma esquece que no seu governo, vários ministros da sua equipe saíram com suspeita de corrupção. E ela dizendo que sempre não sabia.
    Ela como ex diretora da petrobras assinou a compra de passadina, então foi a maior responsável por este prejuízo.
    A petrobras no governo do PT virou um cabide de emprego, isso e muito pior do que a acusação que ela fez ao Aécio que empregou 3 parentes no governo de minas quando o mesmo era governador , o mesmo acontece com os mensaleiros que deveriam estar presos e o PT nunca reconheceu esse desvio de dinheiro público.
    A presidenta parece que nunca foi a supermercado para ver o poder de compra cada vez menor que ela deixou de herança para nós brasileiros.
    Se ela diz que vai fazer várias mudanças no seu governo o PT teve 12 anos para fazer essas melhorias e não fez, quando o presidente lula assumiu o governo ele pegou o país com uma infração pequena, a nossa maravilhosa presidenta vai entregar o país com uma infração alta.

  2. helo disse:

    Dilma não respondeu nenhuma pergunta, consertou mal a demissão do diretor da propina, Luciana Genro agressiva sobretudo contra o candidato homofóbico. Os demais se saíram bem. Para um dia de semana o horário foi cruel. O governo depois de 12 anos de propaganda ainda consegue seus votos nos que não se informam. Áureo, diria que o PT copiou algumas propostas boas do FHC, no mais errou feio.

  3. Áureo Ramos de Souza disse:

    Não aconteceu debate, o que ví foi lembranças dos mal feitos do PT, PSDB e proposta nenhuma e Dilma continuar a dizer que criou o bolsa familia. Abelardo Barbosa Chacrinha já dizia nada se cria, tudo se copia e foi o que o PT fez, copiou tudo o que Fernando Henrique fez.

  4. André Luiz D. Queiroz disse:

    Eu não vi o debate, mas, pelo que ouvi a respeito, seria mais acertado chamar de ‘o último deboche‘ !!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *