Início » Brasil » Um ministro proxeneta!
GRITA BRASIL

Um ministro proxeneta!

O ministro Gilmar Mendes deve estar sofrendo de alguma anomalia. Gilmar, com certeza, perdeu o total senso da razão

Um ministro proxeneta!
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas

Uma lanterna com pilhas para quem errar! Sim, errar. Pois não poderia estar falando de outra pessoa senão o ministro Gilmar “Solta Todo Mundo Que Lhe Interessa” Mendes. E a lanterna seria um prêmio para ver se a pessoa começa a enxergar as coisas.

A pessoa errar uma vez, dá para entender. Errar a segunda, dá para relevar. Errar a terceira, a gente tenta mais ainda entender. Mas continuar errando seguidamente até atingir a marca dos 20 erros, a coisa se torna grave, e até patológica.

O ministro Gilmar Mendes deve estar sofrendo de alguma anomalia. Gilmar, com certeza, perdeu o total senso da razão. Seus neurônios devem estar comprometidos pelo tempo. Acabou o discernimento de Sua Excelência. Data Venia.

Se não for isso, qual a explicação para que ele mande soltar presos ligados as operações da Lava Jato e somente da Lava Jato? Não soube de Gilmar Mendes ter mandado soltar o ladrãozinho de shampoo de um supermercado da Baixada Fluminense. Nem de um estelionatário que aplicou golpes em senhorinhas desavisadas.

Ele só manda soltar gente da “elite”. Gente de grife.

Uma coisa eu não entendo. Por que esses habeas corpus só vão para o Gilmar canetar? E qual a participação dos outros ministros nisso? Por que nenhum outro ministro até agora falou nada?

Assim fica muito fácil esvaziar a cadeia. Manda pro Gilmar que ele assina e solta sem pestanejar. Gilmar deve ter criado um modelo de preso padrão na sua cabecinha não pensante. Os presos no mundo de Gilmar devem ter alguma pontuação. Fulano desviou dinheiro da Educação? 1000 pontos. Desviou dinheiro da Saúde? 1000 pontos. Desviou dinheiro e uma quantia acima de U$ 1 milhão de dólares? 1000 pontos. E por aí vai. Presos com pontuação acima de 1000 pontos teria, nesse mundo de Gilmar, 99% de chances de ser solto.

O último agraciado por Gilmar Mendes foi o doleiro Antonio Claudio Albernaz, que teve sua prisão substituída por outras medidas cautelares – proibição de deixar o país e de manter contato com outros investigados. Nossa, que coisa difícil. Gilmar talvez tenha ficado comovido, pois o preso tem mais de 60 anos e sua saúde é frágil. Antonio é uma porcelana chinesa.

Ah, Gilmar Mendes, pra cima de mim? Saúde frágil? Oh, pobre coitado. Melhor ele em casa comendo caviar e arrotando foie gras.

Quando que algum outro ministro irá frear Gilmar Mendes?

Não é possível que a justiça de Gilmar Mendes seja diferente da justiça dos outros ministros. Não é possível que a interpretação do que o preso fez seja tão diferente entre as pessoas. O senso de Gilmar Mendes está doente. E ele está contaminando toda a nossa certeza de que o nosso país está mudando e que agora está se fazendo justiça de verdade.

Seria mais fácil assim que um juiz determinasse a prisão de algum figurão da Lava Jato, que Gilmar Mendes fosse automaticamente consultado e que ele desse sua canetada fatal e já soltasse o preso. Seria mais transparente e não teríamos esses capítulos de novela mexicana causando esse refluxo de justiça. Melhor nem termos essa sensação e essa ânsia de vômito que a figura de Gilmar Mendes nos proporciona.

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Buckminster disse:

    Não é só o Gilmar não! As mídias, políticos, instituições das mais diversas (igrejas, maçons, OAB…) Todos agindo por conveniência pois está no claro que existem erros mas não se importa até o momento que atinja seus interesses particulares… Não é só o Gilmar, nossa ética era falida! Vai sexta no campus das universidades e vejam onde os futuros magistrados estão com o nariz…

  2. Jayme Mello disse:

    Diferentemente de outras tantas personalidades da nossa república, cuja ação, inação e/ou reação, que também provoca alaridos extraordinários nas mídias, contrariamente, o personagem, mantém incólume sua trajetória e, que a justiça seja feita a ele, o personagem, ao longo dessa caminhada, justamente, a coerência tem sido o diferencial dele.

    Todavia, existem incontáveis interesses difusos, os quais, por vezes quando chegam as caixas de ressonâncias periféricas, invariavelmente, não são devidamente decodificados, daí, então, (quiçá?) essas incompreensões.

    Mas, segue normal, afinal, estamos todos e, faz tempo, na “Uberlindia”, como bem diz um extraordinário ator brasileiro.

  3. carlos alberto martins disse:

    já está provado que quem manda no STF é nada mais nada menos que Gilmar Quadrilha Mendes.ele tem poder sobre todos ministros porque conhece os erros de cada um no que diz ética.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *