Início » Brasil » Um terço dos brasileiros culpa vítima em casos de estupro
PESQUISA DATAFOLHA

Um terço dos brasileiros culpa vítima em casos de estupro

Pesquisa revelou que um em cada três brasileiros acredita que a mulher também é responsável pela violência sexual sofrida

Um terço dos brasileiros culpa vítima em casos de estupro
O medo do estupro foi apontado por 85% das mulheres entrevistadas (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Um em cada três brasileiros acredita que a mulher vítima de estupro também é responsável pela violência sexual sofrida, de acordo com uma pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgada nesta quarta-feira, 21.

A pesquisa revelou que 30% dos entrevistados concordam com a afirmação de que “a mulher que usa roupas provocativas não pode reclamar se for estuprada”. O percentual foi o mesmo entre homens e mulheres. Outros 65% discordam, 4% não concordam nem discordam, e 1% não soube responder.

Ainda de acordo com a pesquisa, 37% dos entrevistados concordam com a frase que diz que “mulheres que se dão ao respeito não são estupradas”. Neste caso, a taxa entre os homens foi de 42% e entre as mulheres foi de 32%.

O texto da pesquisa ressalta que o resultado “indica que muitas vezes as próprias mulheres ainda são consideradas responsáveis pela violência sexual, seja por não se comportarem ‘adequadamente’ ou por usarem roupas provocantes. Esse pensamento vem de um discurso socialmente construído, o qual considera que se a mulher é vítima de alguma agressão sexual é porque de alguma forma provocou esta situação”.

A pesquisa contou com a participação de 3.625 pessoas com 16 anos ou mais e foi realizada em um total de 217 municípios brasileiros entre os dias 1 e 5 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O medo do estupro foi apontado por 85% das mulheres entrevistadas. Já entre os homens a taxa é de 46%. O temor de sofrer uma violência sexual existe principalmente entre as moradoras das regiões Norte e Nordeste do país.

“Além de afetar a saúde física e psíquica das vítimas diretas, o medo do estupro se coloca como um elemento permanente na vida das mulheres em geral, limitando suas decisões e seu pleno potencial de desenvolvimento e de sua liberdade”, diz a pesquisa.

Fontes:
Uol - Um em cada 3 brasileiros concorda que mulher tem culpa por estupro, diz pesquisa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Regina Caldas disse:

    Pesquisa falha, pois deixa de questionar sobre o abuso que sofrem milhares de crianças, muito dentro do proprio lar. Estas crianças vestem roupas provocantes? Pesquisa feita bem de acordo com a ignorancia e o analfabetismo que ronda o país. Além do que, provocar não está na roupa que se veste, e sim no olhar, no modo de se comportar.
    Vivemos num país quente, os homens ainda não acostumaram com as roupas adequadas ao clima que as mulheres podem e devem usar?
    Acaso a pesquisa conhece os índices de abusos que mulheres cobertas de cima até os pés tambem sofrem?
    A única intenção da pesquisa é camuflar o machismo, que não abandona a cabeça masculina, é camuflar o inconformismo masculino perante o numero de mulheres, que, cada vez mais frequentam as Universidades, são capazes de uma jornada dupla, são capazes de enfrentar qualquer tipo de trabalho para suprir as necessidades da familia.

  2. Áureo Ramos de Souza disse:

    Eu concordo em parte e vou começar da época do MAIÔ e depois veio o BI QUINE e depois o TOP LESS que até Jânio Quadro proibiu. Eu lembro que ficava na ponta calçada da Ru Nova para ver pernas de mulher aparecer dentro dos carros. Quando dava uma ventania forte alí próximo a Praça 17 as mulheres tinham uma prática tão grande que envolvia as mãos numa rapidez e não deixavam a saia subir. Eu sentado em um ônibus vindo de Boa Viagem junto com minha noiva e ela estava dormindo no meu ombro e fui abordado por um senhor dizendo que eu estava com desrespeito dentro do veículo. Hoje as moças fazem questão de andar com calça grudada ao corpo, shorts curtíssimo e não sei com chegam a vestir. São estas coisas que acontecem hoje que eu com 70 anos vejo e discordo das vestimentas das mulheres nos dias de hoje.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *