Início » Brasil » Uma em cada três casas do país não tem esgoto
SANEAMENTO BÁSICO

Uma em cada três casas do país não tem esgoto

Em 2015, 69,2 milhões de pessoas não tinham acesso a esgoto sanitário com mínima qualidade

Uma em cada três casas do país não tem esgoto
Saneamento básico também inclui abastecimento de água e coleta de lixo (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um levantamento feito pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) mostra que, uma década após a sanção da Lei de Saneamento Básico, uma em cada três casas no Brasil ainda está fora da rede de esgoto.

A estimativa, baseada em dados do PNAD e do IBGE, aponta para um total de 34,7% dos lares brasileiros fora da rede de esgoto em 2015, o que significa que, naquele ano, 69,2 milhões de pessoas não tinham acesso ao esgoto sanitário com mínima qualidade.

Em entrevista ao Portal Uol, o presidente da ABES, Roberval Tavares, afirmou que “hoje, as escolas brasileiras têm mais acesso à Internet (41%) que a esgoto (36%). Não que não seja importante, mas mostra bem as prioridades do país”.

O estudo revelou ainda que, no esgoto sanitário por rede, a cobertura avançou 6 pontos percentuais entre 2008 e 2015, passando de 59,3% para 65,3%. Os números referentes aos anos de 2006 e 2007 não foram utilizados pois tinham uma metodologia diferente.

O saneamento básico também inclui abastecimento de água e coleta de lixo, ambos com melhor cobertura que o esgoto. Em 2015, o abastecimento chegava a 85,4% das casas do país, já a coleta de lixo atendia 89,8% dos domicílios brasileiros.

Apesar disso, 29 milhões de pessoas ainda vivam sem acesso ao abastecimento geral de água por rede no Brasil em 2015, e 20,5 milhões sem coleta de lixo.

As diferenças regionais também são significativas no país. Enquanto no Sudeste 88,6% das casas têm esgoto ligado à rede, apenas 22,6% têm o serviço no Norte; 42,9% no Nordeste; 65,1% no Sul; e 53,2% no Centro-Oeste.

Em relação ao abastecimento de água a diferença também é significativa: enquanto no Sudeste 92,2% das casas recebem água, o índice é de 60,2% no Norte.

A desigualdade é menor quando se trata de coleta de lixo, com 96,4% dos domicílios atendidos no Sudeste e 79,1% no Nordeste.

Fontes:
Uol - Uma década após sanção de lei, uma em três casas do país ainda não tem esgoto

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Carlos Valoir simões disse:

    A maioria dos animais defecam exatamente onde estão. Isso é representativo do nível em que nós vivemos: não sabemos o que fazer da própria caca.

  2. laercio disse:

    Este é o tipo de assunto que ´quase ninguém comenta! não mexe no bolso diretamente, né?! se fala de policia com tanta “propriedade”, falam de internet, locomoção, etc…claro, mexe a curto prazo no bolso! mas não se comenta sobre a vítima analfabeta que cria seus filhos no esgoto!
    Parece nada haver com a pauta do assunto mas, na verdade, essa conta vai explodir aqui embaixo, o povo vai ter que pagar!
    e então cadê os formadores de opinião e suas soluções para todos os problemas?
    Se um dia o esgoto a céu aberto passar pela rua deles, daí eles podem aparecer ou se mudam

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *