Início » Brasil » Vazam dados secretos de submarino francês construído no Brasil
DEFESA NACIONAL

Vazam dados secretos de submarino francês construído no Brasil

Jornal australiano divulga dados sigilosos de modelo de submarino francês similar aos que estão sendo construídos no Brasil

Vazam dados secretos de submarino francês construído no Brasil
Jornal australiano vazou informações de submarino que será utilizado pela Marinha brasileira (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Dados secretos do projeto original dos submarinos de ataque Scorpène correm risco após terem sido vazados há pouco mais de uma semana na Austrália. O modelo, de tecnologia francesa, será utilizado pelas Marinhas do Brasil, Índia, Chile e Malásia, além da Austrália. Quatro submarinos estão sendo construídos em território brasileiro pela Odebrecht Defesa e Tecnologia.

Os segredos técnicos e informações sigilosas foram revelados após o governo australiano ter anunciado a compra de 12 submarinos desse modelo para renovar a sua frota naval, em um negócio de US$ 38,5 bilhões.

O jornal The Australian, que divulgou as informações sigilosas, teve acesso a uma encomenda feita pela Índia aos estaleiros DCNS, da França, de nove submarinos Sorpène da classe Kalvari, seguindo especificações da agência indiana de engenharia da defesa. O documento continha informações consideradas “sensíveis” sobre o modelo de submarino, como limitações, otimização de desempenho e até sobre o sistema de lançamento de torpedos.

O Ministério da Defesa está acompanhando o caso. Apesar do vazamento de informações, a Marinha do Brasil considera que o ocorrido não comprometerá a segurança das forças navais dos países que utilizam o submarino. “Os submarinos em construção não possuem automaticamente as mesmas características dos submarinos desta classe (Scorpène) em testes, construção e até já em operação por Marinhas de outros países”, afirma a Marinha, em nota assinada pelo contra-almirante Flávio Augusto Viana Rocha.

Quatro submarinos Scorpène, seguindo uma versão avançada sob encomenda pela Marinha brasileira, estão sendo construídos no novo estaleiro de Itaguaí, no litoral sul do Rio de Janeiro. O primeiro deles, batizado de S-BR/1, entrará em operação em 2020. O contrato, que envolve a compra da tecnologia dos submarinos com motores diesel-elétricos, do casco de um quinto modelo de propulsão nuclear, de um estaleiro e de uma nova base operacional, é o maior investimento do país na área militar, ultrapassando os 6,7 bilhões de euros (cerca de R$ 22 bilhões), com financiamento internacional de 20 anos.

Fontes:
Estado de S. Paulo-Vazam dados de submarino francês que está sendo construído no Brasil
Defesa Aérea & Naval-Jornal australiano divulga manuais do Scorpene indiano

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *