Início » Brasil » Veja os itens que mais subiram de preço nos últimos 12 meses
reflexos da inflação

Veja os itens que mais subiram de preço nos últimos 12 meses

Este mês, o Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 0,79%. Essa alta já afeta o bolso do consumidor. Confira uma lista com os 12 itens que mais subiram de preço nos últimos 12 meses

Veja os itens que mais subiram de preço nos últimos 12 meses
O preço de um carro zero km subiu 6,49% nos últimos 12 meses (Foto: Flickr)

Nesta quarta-feira, 8, um levantamento do IBGE mostrou que a inflação fechou o primeiro semestre deste ano em 6,17%, o maior resultado para o período desde 2003.

Este mês, o Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação de um conjunto de produtos e serviços comercializados no varejo, ficou em 0,79%, o maior patamar desde junho de 1996, quando o percentual ficou em 1,19%.

A alta de preços já afeta o bolso do consumidor, que viu os produtos dispararem de preço. Confira abaixo uma lista com os 12 produtos que mais subiram de preço nos últimos 12 meses.

Cebola: 

Em 12 meses, o preço da cebola na feira e no supermercado subiu 142,85%.

onion-498732_640

Energia elétrica:

O preço da energia elétrica disparou nos últimos 12 meses. A tarifa cobrada do consumidor subiu 58,37%.

lightbulb-797605_640

Jogos de azar:

Aqueles que pretendem arriscar a sorte também terão de desembolsar mais. O preço cobrado por jogos como a Mega-Sena subiu 47,50%.

Loteria_Mega-Sena_(2011)

Carne:

Em um ano, o preço da carne subiu 18,72%.

Carne_Salada_e_fasoi

Ônibus urbano:

Além enfrentar o problema da escassez de veículos e da superlotação, aqueles que usam ônibus como meio de locomoção terão de gastar mais pelo serviço. O preço da tarifa subiu 13,11% nos últimos 12 meses.

Onibus_urbano (1)

Combustível:

Andar de carro também não está barato, pois no último ano o preço do combustível subiu 11,65%.

Fotos produzidas pelo Senado

Mecânico:

O conserto de veículos, por sua vez, também subiu de preço, acumulando uma alta de 11,55% nos últimos 12 meses.

mechanic-346256_640

Fast-food:

Fazer um lanche na rua ficou 10,63% mais caro.

11080412675_ac9c70fe7a_o

Condomínio:

A taxa de condomínio cobrada daqueles que moram em apartamento aumentou 9,78% nos últimos 12 meses.

Condominio_em_Dois_Irmaos (1)

Aluguel: 

O preço do aluguel também subiu. Nos últimos 12 meses ele ficou 8,74% mais caro.

imovel-aluga

Plano de saúde:

Cuidar da saúde também ficou mais caro. Os planos de saúde aumentaram 9,73% no último ano.

plano

Restaurantes:

A conta restaurante ficou 9,55%.

140917_EM_Tipping

Empregada doméstica:

O custo de ter uma empregada doméstica ficou 3,20% mais caro nos últimos 12 meses.

domestica

Educação:

Nos últimos 12 meses, o custo da educação subiu 8,61%.

2

Remédios:

Ficar doente, significa gastar mais. Isso porque o preço dos medicamentos subiu 6,82% no último ano.

medications-257351_640

Carro:

O sonho de comprar um carro ficou mais distante da realidade. O preço de um carro zero km subiu 6,49% nos últimos 12 meses

33_flikcr

Fontes:
Estadão-Inflação: veja os itens que mais subiram de preço nos últimos 12 meses
Estadão-IPCA tem a maior alta para junho em quase 20 anos e avança 8,89% em 12 meses, aponta IBGE

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *