Início » Brasil » Zuza Homem de Mello: ‘Música com Z’
livros

Zuza Homem de Mello: ‘Música com Z’

O novo livro de Zuza é uma coletânea de artigos ou colunas sobre música escritos por ele ao longo de 57 anos, de 1957 a 2014

Zuza Homem de Mello: ‘Música com Z’
Zuza esteve presente em tudo que aconteceu de importante em termos de música no Brasil nos últimos 60 anos (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Zuza Homem de Mello é a pessoa que mais conhece música popular no Brasil (Reprodução/Internet)

Acho tranquilo afirmar que Zuza Homem de Mello é a pessoa que mais conhece música popular no Brasil, seja a brasileira ou a americana. Com 80 anos de idade, e cerca de 60 dedicados profissionalmente à música, a bagagem que ele acumulou é imensa. Tudo isso ajudado pela “alma de pesquisador”, a permanente curiosidade de sempre querer saber mais sobre qualquer assunto que o interesse. E por uma memória de dar inveja a pessoas com a metade da idade dele.

“Música com Z” é seu sexto livro. Os outros foram: “Música popular brasileira cantada e contada” (Melhoramentos, 1976), mais recentemente relançado com acréscimo de texto com o título “Eis aqui os bossa-nova”; “A canção no tempo”, dois volumes em coautoria com Jairo Severiano (Editora 34, 1997-98); “João Gilberto” (Publifolha, 2001); A “Era dos Festivais (Editora 34, 2003) e finalmente em 2007  “Música nas veias”.

Zuza foi nosso colunista de música popular durante algum tempo e tivemos a grata surpresa de encontrar no livro alguns textos publicados originalmente aqui. Abaixo os links para algumas de suas colunas aqui:

O último ‘adieu’ de Charles Aznavour

A importância de Vinicius de Moraes no cenário da MPB

A calçada onde Chet se estatelou

No link abaixo nossa resenha do seu livro anterior, “Música nas veias”:

Música nas veias – 2007

O novo livro é uma coletânea de artigos ou colunas sobre música escritos por Zuza ao longo de 57 anos, de 1957 a 2014. Os textos cobrem todo tipo de música, de Roberto Carlos a Duke Ellington, mas a ênfase é no que há de melhor da MPB e no jazz. São 140 textos escolhidos entre os mais de mil escritos nesse longo período.

Zuza esteve presente em tudo que aconteceu de importante em termos de música no Brasil nos últimos 60 anos. Era ele quem ia aos EUA contratar atrações internacionais para a TV Record. Devemos a ele ter visto ao vivo grandes nomes como Nat King Cole, entre outros. E ele era o técnico de som da Record na época de ouro dos festivais que viram surgir Chico, Edu, Caetano e outros. Ele estava lá dentro durante a famosa cena em que Sérgio Ricardo, enlouquecido pelas vaias que o impediam de cantar, arrebentou seu violão no chão e o atirou na plateia, gritando: “Vocês são todos uns animais!”

Como diz Humberto Werneck em sua introdução, é de morrer de inveja… Mas temos de agradecer a Zuza por sua generosidade: ele não guardou suas lembranças só para si. As compartilha conosco e nos faz sentir um pouco como se tivéssemos estado presentes em todos esses momentos maravilhosos.

Zuza: Muito obrigado!

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *