Início » Cultura » A Hungria oficializou o regime comunista em seu território
Nesta Data

A Hungria oficializou o regime comunista em seu território

Apesar da derrota do partido comunista nas eleições, conseguiram chegar ao poder pouco tempo depois

A Hungria oficializou o regime comunista em seu território
Bandeira da República Popular da Hungria. Regime durou até meados de 1989, quando a URSS perdeu força e os governos socialistas passaram a ser desfeitos em todo mundo (Foto: Reprodução/Internet)

No dia 29 de dezembro de 1949, a Hungria oficializou um regime comunista após nacionalizar as suas indústrias. O país, que havia sido ocupado pelas forças alemãs durante o período da Segunda Guerra Mundial,passou a viver sob uma constituição idealizada de forma semelhante a da URSS.

Após os soviéticos expulsarem os alemães do território Húngaro, inseriram uma forte propaganda a favor do regime socialista no país, porém o sucesso não foi o esperado. Nas eleições seguinte o Partido Comunista Húngaro(MKP) obteve somente 17% dos votos, contra 57% do Partido Independente Cívico de Pequenos Proprietários e Trabalhadores Agrários (FKGP). Apesar da votação inferior, o líder do MKP, Mátyás Rákosi, conseguiu implantar o regime no país eliminando aos poucos os adversários.

Os comunistas utilizaram a máquina governamental para galgarem cargos e conseguir atingir o governo. Em 29 de dezembro de 1949 se oficializou a criação da República Popular da Hungria. As indústrias foram estatizadas, mas a economia sofreu graças as reparações de guerra que deveriam ser pagas.  O regime se enfraqueceu junto com a queda da URSS. O governo socialista durou até 1989, quando ficou estabelecida a transição para o regime democrata e o limite para retirada das tropas soviéticas do país, em 1991.

Fontes:
R7-Hungria

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *