Início » Cultura » Anel com inscrição ‘Por Allah’ é achado em túmulo de mulher Viking
descoberta arqueológica

Anel com inscrição ‘Por Allah’ é achado em túmulo de mulher Viking

Túmulo, que foi explorado na região da Escandinávia, data do século IX e tem o entalhe com referências à religião muçulmana

Anel com inscrição ‘Por Allah’ é achado em túmulo de mulher Viking
Anel é feito de ligas de prata e vidro colorido, materiais exóticos e de interesse aos escandinavos da época (Reprodução/Christer Ahlin)

Atualmente, os países escandinavos recebem uma grande quantidade de imigrantes árabes e muçulmanos. Porém, a história por trás dessa relação pode ser muito mais antiga.

É o que indica o caso de um anel descoberto em um túmulo de uma mulher Viking em Birka, local histórico de trocas comerciais onde hoje fica a Suécia. A mulher morreu no século IX e foi descoberta cerca de mil anos depois, por um famoso arqueólogo sueco, Hjalmar Stolpe, que passou anos fazendo escavações em Birka.

O anel é feito em liga de prata e contém uma pedra com a inscrição “Por Allah” no dialeto Kufic Arábico, usado com frequência entre os séculos VIII e X. É o único anel Viking encontrado com referência à religião muçulmana em toda a Escandinávia, por isso os pesquisadores deduziram que tenha sido adquirido através de uma troca comercial.

Um nova pesquisa, feita pelo biofísico Sebastian Wärmländer, da Universidade de Estocolmo, confirmou exatamente o quão único é a peça descoberta no túmulo. Através de um microscópio eletrônico eles descobriram que a pedra no anel é vidro colorido, um material exótico para os Vikings da época, e que foi fabricado durante milhares de anos no Oriente Médio e no norte da África.

Indicações de contato entre os povos

Ainda segundo os pesquisadores, a boa conservação do anel indica que ele teve poucos donos entre seu criador e a mulher que foi enterrada com ele. Tal fato comprovaria o contato entre os muçulmanos e os Vikings na época.

“Não é impossível que a própria mulher, ou alguém próximo a ela, poderia ter visitado, ou mesmo ter como sua origem, o Califado ou suas regiões circundantes”, disse Wärmländer.

Fontes:
Washington Post-Why was a 9th century Viking woman buried with a ring that says ‘for Allah’ on it?

1 Opinião

  1. Renato Fregapani disse:

    A notícia não surpreende porque tanto os vikings quanto os árabes eram viajantes, o que seria interessante descobrir é se a mulher havia se convertido ao islã ou não.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *