Início » Cultura » Brasil é o quinto país em download ilegal de músicas
Pirataria

Brasil é o quinto país em download ilegal de músicas

Pesquisa revela que país pode chegar ao segundo lugar em pirataria musical até 2015

Brasil é o quinto país em download ilegal de músicas
Álbum "Talk the Talk" da cantora Rihana aparece como o mais baixado (Reprodução/Getty)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma pesquisa feita pelo serviço de monitoramento musical Musicmetric constatou que o Brasil é o quinto país em downloads ilegais de musicas na internet. A pesquisa, batizada de Index da Música Digital e divulgada pela BBC, considerou a localização e o volume de arquivos via Torrent, a forma mais comum de baixar arquivos. Os Estados Unidos aparecem em primeiro lugar na lista com 96 milhões de downloads, seguido de Grã-Bretanha, Itália e Canadá.

Leia também: Co-fundador do Pirate Bay é preso no Camboja
Leia também: O bem que a pirataria nos faz
Leia também: O mal que a pirataria nos faz

Durante o período em que a pesquisa foi realizada, estima-se que mais de três bilhões de músicas foram baixadas ao redor do mundo via Torrent, ferramenta que permite o download de pedaços de arquivos  de forma compartilhada e aleatória, sendo reconstituído ao final do processo.

Segundo a Musicmetric, o álbum mais baixado no mundo foi o Talk the Talk, da cantora norte-americana Rihana: mais de 1,2 milhões de vezes. A cantora britânica Adele e o belga Gotye também estão na lista dos mais baixados.  A surpresa ficou por conta do DJ de música eletrônica Billy Van, que apareceu como o mais baixado em primeiro lugar entre os 20 primeiros países da lista.

A Musicmetric prevê que até 2015 o Brasil irá ultrapassar a Grã-Bretanha, assumindo o segundo lugar em

Top dez dos países que mais baixam músicas ilegalmente pela internet

pirataria de arquivos digitais. Mas, segundo a organização, isso “não é necessariamente ruim”. “O crescimento dos downloads no Brasil mostra que as pessoas estão interessadas nisso. O fato de que 19 milhões de músicas são baixadas ilegalmente não quer dizer que as pessoas não comprariam essas músicas” disse a organização.

De acordo com a organização, em países onde existem lojas de música online como o iTunes, por exemplo, o número de downloads ilegais cresce menos, o que prova que as pessoas estão dispostas a utilizar as alternativas legais que são oferecidas.

Fontes:
IG-Brasil é quinto país em download ilegal de músicas; conheça os mais pirateados

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *