Início » Cultura » Carta de suicídio de Baudelaire é leiloada por quase R$ 1 milhão
ESCRITA EM 1845

Carta de suicídio de Baudelaire é leiloada por quase R$ 1 milhão

Poeta francês tentou tirar a própria vida aos 24 anos, mas sobreviveu aos ferimentos e morreu apenas 22 anos depois

Carta de suicídio de Baudelaire é leiloada por quase R$ 1 milhão
Baudelaire chegou a ter textos censurados por supostamente atentar contra os bons costumes (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma carta de suicídio escrita pelo poeta francês Charles Baudelaire foi leiloada no último domingo, 4. Estimada entre 60 mil e 80 mil euros, o documento foi arrematado por 234 mil euros (cerca de R$ 986 mil) por um comprador que não foi identificado.

Em 30 de junho de 1845, aos 24 anos de idade, Baudelaire tentou cometer suicídio, atentando contra a própria vida com uma faca, mas sobreviveu ao ferimento. O poeta só morreu 22 anos depois, aos 46 anos, vítima de sífilis.

O documento, que foi o item mais caro vendido pela casa de leilões Osenat, em Fontainebleau, no sul da França, no último domingo, foi endereçado à amante de Baudelaire, a atriz haitiana Jeanne Duval. “Quando você receber esta carta, estarei morto”, escreveu o poeta.

Autor do famoso livro de poemas As flores do mal, que serviu como pano de fundo para diversas produções literárias e audiovisuais em todo o mundo, Baudelaire escreveu que se mataria porque não poderia “mais viver, ou suportar o fardo de dormir e ter de acordar novamente”.

Segundo dados históricos, problemas familiares, críticas literárias, problemas com álcool e a falta de dinheiro foram alguns dos motivos apontados para a tentativa de suicídio. Alguns dos comentários que o poeta francês escreveu sobre as críticas dos jornais também foram leiloados no último domingo.

Charles Pierre-Baudelaire nasceu em abril de 1821. Alguns especialistas apontam o poeta francês e o poeta americano Walt Whitman como os principais responsáveis pela poesia moderna. Assim que lançou o seu principal livro, As flores do mal, foi acusado de atentar contra os bons costumes e teve textos censurados. Sua obra só foi publicada sem censuras em 1911, após a sua morte.

 

Leia também: Charles-Pierre Baudelaire

Fontes:
DW-Carta de suicídio de Baudelaire é vendida por quase 1 milhão de reais
Super Interessante-As Flores do Mal

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *