Início » Cultura » Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro
PROGRAME-SE

Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro

Veja o que de melhor vai acontecer neste final de semana nos teatros, museus, galerias e casas de show

Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro
Confira shows, teatros e exposições de São Paulo e Rio de Janeiro (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

São Paulo

Exposições

Luz Instantânea: Polaroides de Andrei Tarkóvski: Paralela às seções de filmes de Andrei Tarkóvski (1932-1986) na 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) recebe a mostra que reúne 80 cliques do cineasta russo, todos inéditas no Brasil. Considerado um dos maiores nomes da história do cinema, Tarkóvski é o principal homenageado dessa edição da Mostra, que exibe sua filmografia completa, que possui títulos marcantes como Andrei RublevSolarisStalkerO Espelho, entre outros.  A exposição tem curadoria do filho do cineasta, Andrei A. Tarkóvski, e revela o olhar do diretor russo no período que vai de 1979 a 1984, quando viveu na Itália e decidiu não mais voltar ao seu país.

Local: Masp – Bela Vista

Horário: De terça a domingo, das 10h às 20h. R$ 15. Até 25 de novembro.

Abraham Palatnik: Admirado dentro e fora do país, o potiguar radicado no Rio de Janeiro Abraham Palatnik, de 84 anos, é considerado um dos precursores da arte cinética (ou op art), gênero caracterizado pelos efeitos visuais de movimento. Sob curadoria de Frederico Morais, a mostra individual inclui trabalhos de 60 anos de produção artística: desde séries do início de sua carreira como Aparelhos Cinecromáticos, Relevos Progressivos e Objetos Lúdicos, a trabalhos mais recentes da série W e pinturas utilizando tinta Duco em cartão.

Local: Galeria Nara Roesler – Jardim Paulista

Horário: De segunda a sexta, das 10h às 19h. Sábado, das 11h às 15. Grátis. Até 24 de novembro.

Teatro

A Partilha: De Miguel Falabella. Sucesso de público, a comédia escrita por Falabella foi lançada em 1990 e, onze anos depois, ganhou as telas sob o comando de Daniel Filho. Para celebrar os vinte anos da estreia, o texto ganha nova encenação com praticamente todo o elenco original. As quatro irmãs interpretadas por Arlete Salles, Patricya Travassos, Susana Vieira e Thereza Piffer se reencontram no velório da mãe. Elas têm a difícil tarefa de dividir um apartamento de herança e tentar recuperar o afeto perdido.

Local: Teatro Shopping Frei Caneca – Consolação

Horário: Sexta, 27, às 21h30. Sábado, 28, às 19h e às 21h30. Domingo, 29, às 18h. De R$ 80,00 a R$ 120,00. Até 25 de novembro.

Hamlet: De William Shakespeare (1554-1616). Uma das peças mais montadas do mundo, a tragédia escrita na virada do século XVII ganha encenação do diretor Ron Daniels. Thiago Lacerda dá vida ao atormentado príncipe dinamarquês. O velho rei acaba de morrer, e seu filho não é o sucessor ao trono. O poder fica com o irmão do monarca, eleito pelo congresso, e com quem a rainha viúva logo se casa. Assim, o protagonista se encarrega de vingar a morte do pai para recuperar a coroa.

Local: Teatro Tuca – Perdizes

Horário: Sexta, 27, e sábado, 28, às 21h. Domingo às 19h. R$ 40,00 (sexta), R$ 60,00 (sábado) e R$ 50,00 (domingo).

Shows

Arnaldo Antunes: Elétrico no palco desde a época dos Titãs, o cantor e compositor comemora os trinta anos em atividade com o Acústico MTV, lançado em maio. Apesar de o formato desplugado sugerir uma certa tranquilidade, ele não economiza em danças e giros.

Local: Praça Pau-Brasil – Cidade Dutra

Horário: sábado, 27, às 16h. Grátis.

Jazz Sinfônica e Moraes Moreira: Sob a regência de Fábio Prado, a orquestra acompanha o cantor e compositor Moraes Moreira. Clássicos dos Novos Baianos, como Preta Pretinha e Acabou Chorare, pontuam o roteiro. Choro Negro (Paulinho da Viola) e Lamento Sertanejo(Gilberto Gil e Dominguinhos) também estão garantidas.

Local: Auditório Ibirapuera – Moema

Horário:  Sexta, 26, e sábado, 27, às 21h. R$ 20.

Rio de Janeiro

Exposições

William Kentridge: Fortuna: Nome de destaque nas artes plásticas, o sul-africano William Kentridge já esteve em três edições da prestigiada Bienal de Veneza, além de ter participado de exposições no MoMA, em Nova York, e no Louvre, em Paris. Esta é a primeira vez em que o artista de 57 anos exibe todos os vídeos em uma única mostra, que traz outros dezessete filmes, além de 38 desenhos, 184 gravuras e dez esculturas. A curadoria é de Lilian Tone, brasileira que trabalha no MoMA.

Local: Instituto Moreira Salles – Gávea

Horário: De terça a domingo, das 11h às 20h. Grátis. Até 17 de fevereiro.

Transperformance II: inventário dos gestos: Em sua segunda edição, o evento volta a propor uma reflexão sobre a potência do gesto. Mais de vinte artistas, entre brasileiros e estrangeiros, apresentam quarenta obras, de vídeos a instalações. Anna Gimein, Edwiges Dash, Ronald Duarte, Marssares, Oriana Duarte, Fernando Baena e Narda Alvarado são alguns dos participantes. A exposição propriamente dita é complementada por performances realizadas em espaços públicos da cidade, sempre dentro ou no entorno do próprio Oi Futuro.

Local: Oi Futuro – Flamengo

Horário: De terça a domingo, das 11h às 20h. Grátis. Até 16 de dezembro.

Teatro

O Desaparecimento do Elefante: Adaptação de Monique Gardenberg de contos de Haruki Murakami. Conhecido por retratar como poucos autores contemporâneos o nonsense da vida moderna, o escritor japonês tem cinco de seus contos transpostos para o palco nesta comédia. Em O Pássaro de Cordas, um homem desempregado sai para procurar o gato de estimação de sua esposa autoritária e encontra uma adolescente que o faz refletir sobre sua vida.

Local: Teatro Fashion Mall – São Conrado

Horário: Sexta, 26, e sábado, 27, às 21h. Domingo, 28, às 20h. R$ 70,00 (sexta) e R$ 80,00 (sábado e domingo). Até 25 de novembro.

Ensina-me a Viver: Adaptação de João Falcão da obra de Colin Higgins (1941-1988), com tradução de Millôr Fernandes (1923-2012). Há cinco anos em cartaz, a comédia dramática já viajou pelo Brasil e levou 500 000 pessoas ao teatro. Adaptado com sucesso para o cinema em 1971, o texto apresenta Harold (Arlindo Lopes) e Maude (Glória Menezes). Ele é um rapaz de quase 20 anos obcecado pela morte, enquanto ela é uma senhora que está chegando aos 80, apaixonada pela vida. O encontro dos dois vai mudar o modo como o jovem vê o mundo.

Local: Centro Cultural João Nogueira – Méier

Horário: Sexta, 26, e sábado, 27, às 21h. Domingo, 28, às 19h30. R$ 30,00. Até 25 de novembro.

Shows

Áurea Martins: Em 2012, a cantora de longa trajetória na noite carioca comemora 72 anos de idade e quatro décadas de carreira com o lançamento de seu primeiro DVD, Iluminante, uma extensão do álbum Até Sangrar. Uma das intérpretes preferidas de Elizeth Cardoso (1920-1990), Áurea começou na Rádio Nacional. No espetáculo batizado com o mesmo nome do DVD, ela entoa sucessos de Moacyr Luz, Dona Ivone Lara e Lupicínio Rodrigues, entre outros, acompanhada por sete músicos.

Local: Caixa Cultural — Teatro Nelson Rodrigues – Centro

Horário: Sexta, 26, e sábado, 27, às 19h30. R$ 10,00.

Jorge Vercillo: Há um ano em turnê pelo Brasil e pela Europa com o show Como Diria Blavatsky, Vercillo volta ao Rio para apresentar hits do álbum, a exemplo de Sensível Demais, Memória do Prazer e Nos Espelhos.

Local: Vivo Rio – Flamengo

Horário: Sábado, 27, às 22h. R$ 80,00 (pista superior e setor 3). R$ 180,00 (camarote A).

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *