Início » Cultura » Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro
programe-se

Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro

Veja o que de melhor vai acontecer neste final de semana nos teatros, museus, galerias e casas de show

Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro
Confira shows, teatros e exposições de São Paulo e Rio de Janeiro (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

São Paulo

Exposições

Deuses e Madonas — A Arte do Sagrado: Mostra reúne quarenta obras, inclusive algumas maravilhas bem conhecidas do público paulistano, caso da Anunciação, de El Greco, da Ressurreição de Cristo, de Rafael, e das quatro telas da série As Quatro Estações Hartmann, de Delacroix. Atente para a obra-prima São Jerônimo Penitente no Deserto, de Andrea Mantegna, recentemente restaurada no Museu do Louvre.

Local: Masp – Bela Vista

Horário: De terça a domingo, das 10h às 18h. Quinta das 10h às 20h. R$ 15 (inteira), R$ 7 (meia). Por tempo indeterminado.

Christine Drummond: Nascida no Brasil, de família francesa e morando nos EUA há 12 anos, Christine Drummond é a síntese do artista brasileiro globalizado que não perde a identificação com a terra natal. Celebrando o Carnaval, aliás, foi o quadro que lhe valeu como prêmio a exposição na tradicional galeria Adriano Ribolzi (Mônaco), em maio deste ano. Pintando em óleo sobre tela e com ajuda da espátula, ela mistura cores vibrantes, em uma técnica que transmite a sensação de movimento e cria um efeito tridimensional para os cenários.

Local: Galeria Jacques Ardies – Vila Mariana

Horário: De segunda a sexta, das 10h às 18h30. sábado das 10h às 16h. Grátis. Até 10 de novembro.

Teatro

Camille e Rodin: De Franz Keppler. O drama mostra de forma sensível o complicado relacionamento de quinze anos entre o escultor Auguste Rodin (1840-1917) e sua discípula Camille Claudel (1864-1943). Recém-chegada a Paris, a jovem Camille (interpretada por Melissa Vettore) torna-se amante de Rodin (papel de Leopoldo Pacheco). A intuição dela e o apuro técnico dele criam um embate marcado pela competitividade e pelas diferentes visões de geração e do amor.

Local: MaspBela Vista

Horário: Sexta e sábado às 21H. Domingo às 19h30. R$ 20 (sexta), R$ 30 (sábado e domingo). Até 30. Até 9 de dezembro.

Tim Maia – Vale Tudo, o Musical: De Nelson Motta. Danilo de Moura substitui com garra Tiago Abravanel na pele do cantor e compositor Sebastião Rodrigues Maia (1942-1998). À frente de dez atores e sete instrumentistas, ele canta bem e afinado as 25 canções, como Azul da Cor do Mar, Sossego e Me Dê Motivo, e empenha-se ao dar vida ao personagem, recriado dos 12 aos 55 anos. Nesse tempo, surgem detalhes de sua vida familiar, o encontro com outros mitos, como Roberto Carlos e Elis Regina.

Local: Teatro Sérgio Cardoso – Bela Vista

Horário: Quinta e sábado, às 21h. Sexta às 21h30. Domingo às 18h. R$ 40. Até 18 de novembro.

Shows

Karina Buhr: Nascida na Bahia, criada em Pernambuco e radicada em São Paulo, a inquieta Karina Buhr faz show calcado em seu segundo álbum, Longe de Onde (2011). No palco, ela deixa o seu lado performático sobressair ao de cantora. Tal ousadia garante uma boa apresentação. Escoltada por uma banda talentosa, ela interpreta com voracidade faixas como Cara Palavra. A voz suave e o agradável sotaque marcam também algumas canções do CD anterior, o elogiado Eu Menti pra Você (2010).

Local: Sesc Ipiranga – Ipiranga

Horário: Sexta, 02, e domingo, 4, às 18h. Sábado, 3, às 21h. R$ 16.

O Teatro Mágico: Grande vendedora de discos capaz de lotar shows com uma plateia fervorosa, a banda de Fernando Anitelli leva seu papo-cabeça e a pose “eu não me rendo ao sistema” ao Credicard Hall. Após lançar Entrada para Raros (2003) e O Segundo Ato (2008), a trupe de músicos e artistas circenses exibe A Sociedade do Espetáculo (2011), que deveria encerrar uma trilogia. O vocalista desconversa, mas há planos de uma extensa turnê e talvez uma pausa breve para ele se dedicar a projetos voltados às crianças.

Local: Credicard Hall – Campo Grande

Horário: Sexta, 2, às 22h. De R$ 300 à R$ 80.

Rio de Janeiro

Exposições

Impressionismo – Paris e a Modernidade: Depois de levar 320 000 pessoas ao CCBB de São Paulo, a exposição chega ao Rio, onde promete repetir o sucesso. Pinçadas do acervo do Museu d’Orsay, em Paris, 85 pinturas compõem o acervo da mostra, na qual se incluem alguns dos expoentes do movimento, como Claude Monet, Edouard Manet, Paul Gauguin, Vincent Van Gogh, Paul Cézanne e Edgar Degas. A exemplo do que ocorreu na capital paulista, aqui também serão feitas as chamadas viradas, em que o centro cultural ficará aberto durante a madrugada.

Local: Centro Cultural Banco do Brasil – Centro

Horário: De terça à domingo, das 9h às 21h. Grátis. Até 13 de janeiro.

Atlântico Contemporâneo: Em sua quinta edição, o evento reúne dezessete galerias do Shopping Cassino Atlântico e contempla artistas de variadas técnicas, nacionalidades e gerações. Na Athena Contemporânea, Vanda Klabin faz a curadoria de Manobras Poéticas, coletiva com nove autores que tem como tema a água. Já o carioca Smael exibe oito telas e uma obra interativa na Galeria Inox.

Local: Shopping Cassino Atlântico – Copacabana

Horário: De segunda à sexta, das 12h às 19h. Sábado às 12h às 17h. Grátis. Até 16 de novembro.

Teatro

A Serpente: A última peça escrita por Nelson Rodrigues fala da tragédia entre duas irmãs que se casam no mesmo dia e resolvem morar juntas com os maridos. Quando uma delas se separa, a outra “empresta” seu marido por um noite, resultando num triângulo amoroso.

Local: Teatro Serrador – Cinelândia

Horário:De terça a sexta, às 19h. R$ 20. Até 2 de novembro.

O Desaparecimento do elefante: As diretoras Monique Gardenberg e Michele Matalon adaptam para o palco uma coletânea de contos escritos pelo autor japonês Haruki Murakami durante a década de 80. Murakami nasceu em Kioto em 1949 e equilibra popularidade e prestígio com a crítica especializada. Livros como ‘Do que eu falo quando falo de corrida’, ‘Após o anoitecer’ e ‘Kafka à beira-mar’ são algumas das obras traduzidas em dezenas de idiomas.

Local: Teatro Fashion Mall – São Conrado

Horário: Sexta e sábado, às 21h. Domingo às 20h. R$ 70 (sexta), R$ 80 (sábado e domingo). Até 25 de novembro.

Shows

Hermeto Pascoal e Grupo: Depois mais de uma década sem tocar na Zona Sul, o multi-instrumentista sobe ao palco acompanhado por Itiberê Zwarg (baixo), Fabio Pascoal (percussão), Vinicius Dorim (sopros), Andre Marques (piano), Ajurinã Zwarg (bateria) e Aline Morena (voz, viola caipira e percussão). No repertório estão autorais como “Camila”, “Palinha carioca”, “Entrando pelos canos” e “Renan”.

Local: Sala Baden Powell – Copacabana

Horário: Sexta, 2, às 18h. sábado, 3, às 18h e às 20h. R$ 30.

Alcione: Cantora faz o lançamento da última parte do projeto comemorativo intitulado “Duas faces”. No palco, ela lembra canções desse trabalho como “Poder da criação” (João Nogueira/Paulo César Pinheiro), “Capim” (Djavan), “40 anos” (Altay Veloso/Paulo César Feital).

Local: Vivo Rio

Horário: Sábado, 3, às 22h. De R$ 60 à R$ 160.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *