Início » Cultura » Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro
Programe-se

Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro

Veja o que de melhor vai acontecer neste final de semana nos teatros, museus, galerias e casas de show

Confira a agenda cultural em São Paulo e no Rio de Janeiro
Confira shows, teatros e exposições de São Paulo e Rio de Janeiro

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

São Paulo

Exposições

Mestre Júlio Santos: em cartaz na Pinacoteca e composta de 120 obras. Dono do Áureo Studio, de Fortaleza, Júlio Santos utiliza técnicas digitais, sobretudo o Photoshop, para retocar e mesmo recriar registros, alguns muito afetados pela passagem do tempo. Imagens de 5 por 7 centímetros de uma moça e um rapaz viram, por exemplo, uma bela foto de casamento. Por trás da qualidade dos trabalhos reside uma ideia ainda mais sofisticada. Ao fazer com que os personagens se tornem outros, completamente diferentes — digamos, ao transformar um casal de classe média em cangaceiros ou árabes —, o fotopintor discute a noção de identidade de cada um.

Local: Pinacoteca do Estado – Praça da Luz, Bom Retiro

Horário: Terça a domingo e feriados, 10h às 18h. A bilheteria fecha meia hora antes. Grátis aos sábados. De 04/08 a 23/09.

Cápsula do Tempo: Identidade e Ruptura no Vestir de Ney Matogrosso: dividida em três setores: Ney Neandertal, Ney Farol e Ney Pérola a mostra tem roupas, cocares, sapatos e outros acessórios usados durante a fase do grupo Secos & Molhados e da carreira-solo. Até 14/12/2012.

Local:  Centro Universitário Senac – Campus Santo Amaro

Horário: Segunda a sexta, 9h às 21h; sábado, 8h às 17h. Grátis. De 18/08 a 14/12.

Um Outro Acervo do MAC-USP: mostra reúne 115 obras premiadas nas primeira edições da bienal do museu. Entre elas: os britânicos William Scott, cujo óleo “3 de Abril” se destaca, e Prunella Clough e o italiano Paolo Rissone. Alguns brasileiros também estão presentes na mostra, como Milton Dacosta e Bruno Giorgi.

Local: MAC – Museu de Arte Contemporânea – Parque do Ibirapuera

Horário: terça a domingo e feriados, 10h às 18h. Grátis. De 25/08/2012 a 28/07/2013

Obsessões da Forma – esculturas da Coleção Masp: cinquenta peças da arte escultória do acervo do Masp. Escultores com nus, danças, casais, animais, que vão desde o clássico da beleza promovido pelos franceses Renoir, Rodin e Degas até as formas modernas e grotescas criadas por Francisco Stockinger e pelo norte- americano Jim Dine, pouco conhecido e exibido no Brasil.

Local: Masp

Horário: terça, quarta, sexta a domingo e feriados, 10h às 18h; quinta, 10h às 20h. A bilheteria fecha uma hora antes. Grátis às terças para todos os visitantes; nos demais dias, grátis apenas para menores de 10 anos, pessoas com mais de 60 e grupos de estudantes de escolas públicas agendados. Até 31/10.

Willys de Castro: retrospectiva traz 130 obras, entre telas, desenhos, estudos e vários tridimensionais do artista brasileiro, Willys de Castro. As formas geométricas e a atenção às cores sobressaem.

Local: Pinacoteca do Estado – Praça do Luz – Bom Retiro

Horário: Terça a domingo e feriados, 10h às 18h. A bilheteria fecha meia hora antes. Grátis aos sábados. De 21/07 a 14/10.

Teatro

Espartilho: De José Antônio de Souza. Os atores Dani Mustafci e Fábio Ock protagonizam uma história de amor, fantasia e repressão ambientada nos anos 50.

Local:  Teatro Zanoni Ferrite – Vila Formosa

Horário: Sexta e sábado, 20h; domingo, 19h. Bilheteria: 14h/19h30 (terça a quinta), a partir das 14h (sexta a domingo). Reestreia em  31/08 até 30/11.

Luis Antonio – Gabriela: De Nelson Baskerville, Verônica Gentilin e Cia. Mungunzá de Teatro. Com extrema e admirável coragem, o ator e diretor Nelson Baskerville mexe em sua história para montar o espetáculo, que comove e inquieta o espectador em um surpreendente conjunto.

Local:  Teatro João Caetano – Vila Mariana

Horário: Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h. Bilheteria: 14h/19h30 (terça a quinta); a partir das 14h (sexta a domingo). Reestreia em 30/08 até 14/10. Atenção: Não haverá sessão no domingo (02/09).

Cabaret: Adaptação de Miguel Falabella para espetáculo de Joe Masteroff, John Kander e Fred Ebb. Ambientada em uma casa noturna de Berlim na década de 30, a peça aborda o relacionamento da prostituta Sally Bowles (interpretada por Claudia Raia) com o escritor americano Cliff Brad shaw (papel de Guilherme Magon).

Local: Teatro Procópio Ferreira – Jardim América

Horário: Quinta, 21h; sexta, 21h30; sábado, 17h e 21h; domingo, 18h. Bilheteria: 14h/19h (terça e quarta); a partir das 14h (quinta a domingo). Reestreia em 25/08. Até 16/12.

Musical “A família Addams”: Adaptação de Claudio Botelho para espetáculo de Marshall Brickman, Rick Elice e Andrew Lippa. Inspirado nos quadrinhos do cartunista Charles Addams, o musical estreou na Broadway em 2010 e ganha a primeira montagem internacional.

Local: Teatro Abril – Bela Vista

Horário: Quinta e sexta, 21h; sábado, 17h e 21h; domingo, 16h e 20h. R$ 70,00 a R$ 230,00 (quinta, sexta e domingo às 20h) e R$ 80,00 a R$ 250,00 (sábado e domingo às 16h). Bilheteria: 12h/20h (segunda a quarta); a partir das 12h (quinta a domingo). De 02/03 a 28/10.

New York, New York: Baseado no romance de Earl Mac Rauch, o cineasta Martin Scorsese levou às telas em 1977 a história de amor da cantora Francine Evans e do saxofonista Johnny Boyle (Liza Minnelli e Robert De Niro), agora, o encanto está nos palcos do teatro.

Local: Teatro Sérgio Cardoso – Bela Vista

Horário: quinta, 21h; sexta, 21h30; sábado, 17h e 21h; domingo, 16h. Bilheteria: 15h/19h (quarta); a partir das 15h (quinta a domingo). De 17/08 a 07/10.

Arnaldo Antunes: Elétrico no palco desde a época dos Titãs, o cantor e compositor Arnaldo Antunes comemora os trinta anos em atividade com o Acústico MTV, lançado em maio.

Local:  Credicard Hall – Moema

Horário: Sexta (31/08), 22h. Bilheteria: 12h/20h (segunda a quinta); a partir das 12h (sexta). Estacionamento (R$ 40,00). Ingressos de R$ 70,00 a R$ 140,00

Billy Paul: Velho conhecido da plateia paulistana, o ícone da soul music apela ao romantismo com hits surrados, a exemplo de Your Song, de Elton John, Me and Mrs. Jones e Only the Strong Survive.

Local:  HSBC Brasil – Santo Amaro

Horário: Sábado (01/09), 22h. R$ 100,00 a R$ 260,00. Bilheteria: 12h/22h (segunda a sexta); a partir das 12h (sábado). Estacionamento com manobrista (R$ 30,00).

 

Rio de Janeiro

Exposições

Beatriz Milhazes: Gravuras: A exposição conta com 17 obras de grandes dimensões doadas à Pinacoteca, em 2008, pela artista e pela Durham Press, da Pensilvânia (EUA), onde, desde 1996, a artista tem estado em residências regulares, para o planejamento e desenvolvimento desse conjunto de trabalhos.

Local:  Caixa Cultural Rio – Centro

Horário: de domingo a sábado, das 10h às 21h. Grátis. Até 30 set 2012.

Dalí: A Divina Comédia: Presença rara na cidade, o mestre do surrealismo tem 100 xilogravuras exibidas. As obras são fruto de um convite feito pelo governo da Itália, no fim dos anos 50, para que o artista criasse uma série de aquarelas em homenagem à épica obra-prima do poeta Dante Alighieri (1265-1321) — ele levou o trabalho adiante mesmo depois da suspensão do contrato por motivos chauvinistas. Sob a supervisão de Dalí (1904-1989), dois entalhadores passaram cinco anos fazendo as matrizes das gravuras a partir das aquarelas. Divididas pelos três temas do livro A Divina Comédia, Inferno, Purgatório e Paraíso, as obras esbanjam detalhes e cores.

Local: Caixa Cultural Rio – Centro

Horário: De terça à domingo das 10h às 21h. Grátis. Até 02 de setembro

Viva Elis: A exposição presta homenagem à cantora. Cerca de 200 fotos pessoais e profissionais compõem o acervo, bem como vídeos de apresentações, nos quais Elis entoa clássicos como Águas de Março e O Bêbado e o Equilibrista. Há registros de suas participações em eventos como o I Festival de Música Popular Brasileira, em 1965, quando interpretou Arrastão. Alguns dos vídeos são dedicados a entrevistas em que a cantora expõe suas ideias e conta passagens de sua vida. Uma das salas tem cinco peças de figurinos usados por ela em shows. No último ambiente foram montadas mesas de áudio pelas quais é possível ouvir qualquer uma das músicas de 29 discos de Elis.

Local: Centro Cultural Banco do Brasil – Centro

Horário: De terça a domingo das 9h às 21h. Grátis. Até 28 de Setembro

Shows

Leila Pinheiro: A cantora abre os shows do projeto Amazônia convida que até novembro traz cinco representantes da música da região norte ao CCBB. Os músicos apresentam novas sonoridade, numa conexão de sons e vozes da floresta.

Local: Centro Cultural Banco do Brasil – Centro

Horário: Todas as terças às 12h e às 19h. Até 12 de novembro. R$ 6.

Autoramas: Depois da oitava turnê europeia, Gabriel Thomaz (guitarra e voz), Flávia Couri (baixo e voz) e Bacalhau (bateria) se preparam para o lançamento do sexto álbum, Música Crocante. Ao vivo, o trio de prestígio na cena independente carioca toca seus clássicos.

Local: Studio RJ – Ipanema

Horário: Sexta, 31, às 21h. R$ 40.

Concerto

Joyce Didonato: O Festival de Salzburgo, a londrina Royal Opera House e o nova-iorquino Metropolitan foram alguns dos muitos palcos por onde passou a meio-soprano americana nos últimos dois anos. Entre recitais e óperas, ela ainda ganhou o popular Grammy 2012, na categoria melhor solo vocal clássico, pela gravação do disco Diva Divo. Acompanhada pelo pianista francês David Zobel, Joyce Didonato vai interpretar peças de Händel e Mozart, compositores do século XVIII.

Local: Theatro Municipal – Centro

Horário: Sexta, 31, às 20h30. R$ 110 (galeria) R$ 2.700 (frisa e camarote).

Teatro

A Partilha: Encenada pela primeira vez em 1990, A Partilha tornou-se um dos maiores fenômenos do teatro carioca: foram seis anos em cartaz, montagens no exterior, uma continuação e uma adaptação para o cinema. Escrita e dirigida por Miguel Falabella, a peça trazia Arlete Salles, Susana Vieira, Thereza Piffer e Natália do Vale como quatro irmãs que se reencontram no velório da mãe e, a partir de uma conversa sobre a divisão da herança, passam suas vidas a limpo.

Local: Teatro Oi Casa Grande – Leblon

Horário: Quintas e sextas às 15h e às 22h; sábado às 15h e às 22h30; domingo às  15H e às 20h30. Ingressos de R$ 60 a R$ 120. Até 30 de setembro.

Tangos e tragédias

Música, humor e  teatro fazem parte do espetáculo que está há 28 anos em cartaz. Na apresentação, os personagem Maestro Plestakaya (Nico Nicolaiewsky, acordeom) e o violinista Kraunus Sang (Hique Gómez) são do país imaginário Sbórnia e tocam canções músicas do ‘folclore sborniano’ além de músicas brasileiras de diversas épocas.

Local: Teatro Rival – Centro

Horário: Sexta e sábado às 19h30. Até 01 de setembro. R$ 75 (mezanino) R$ 60 (setor B)

Terça Insana 2012. Antes que o mundo acabe: Criação coletiva do grupo Terça Insana. Criado em 2001, pela atriz, autora e diretora Grace Gianoukas, o projeto humorístico Terça Insana deu origem a esta nova comédia. Os esquetes são inspirados na previsão da civilização maia, segundo a qual o mundo vai acabar ainda neste ano.

Local: Teatro Net Rio – Copacabana

Horário: Sexta , 31, (estréia) e sábado, 01 às 23h30. R$ 60 e R$ 80.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *