Início » Cultura » É assassinado Mahatma Ghandi
Nesta Data

É assassinado Mahatma Ghandi

No dia 30 de janeiro de 1948, Mahatma Ghandi foi assassinado

É assassinado Mahatma Ghandi
Ghandi foi o grande personagem da independência da Índia e ficou conhecido por seu método de resistência pacífica (Foto: Reprodução/Internet)

Em 30 de janeiro de 1948, o líder pacifista Mahatma Ghandi foi assassinado em Nova Délhi, capital da Índia. Ghandi foi o principal personagem da independência da Índia e se destacou pela sua tática de resistência pacífica, onde recorria a desobediência civil como forma de se rebelar contra a força dominante dos ingleses.

Ghandi nasceu em Porbandar na Índia, no dia 2 de outubro de 1869. Seu nome de batismo era Mohandas Karamchand. Ainda jovem, foi para Londres estudar direito e retornou ao seu país de origem em 1891. Dois anos depois, foi para a África do Sul, onde iniciou um movimento pacifista.

Ao fim da Primeira Guerra Mundial, a burguesia indiana começou a se fortalecer e desenvolver um forte sentimento nacionalista. Foi fundado o Partido do Congresso Nacional Indiano, liderado por Ghandi. Em seu programa o partido pregava a independência total da Índia, uma confederação democrática, a igualdade política para todas as raças, religiões e classes, as reformas socioeconômicas e a modernização do estado.

Em sua luta contra o domínio inglês, Ghandi recorreu a jejuns, marchas pacíficas e ao não pagamento de impostos e boicote a produtos ingleses. Em 1922, o líder indiano foi preso, após uma greve contra o aumento de impostos. Em 1930, seis anos após sair da prisão, liderou a marcha para o mar, onde milhares de indianos andaram mais de 320 km em protesto contra o aumento do imposto sobre o sal.

Em 1947, após o fim da Segunda Guerra Mundial, os ingleses passam a reconhecer a Índia como um país independente. A rivalidade entre muçulmanos e hindus dividiu o país em dois, a União Indiana, de população hindu, e o Paquistão, muçulmano.

Um ano após a independência, no dia 30 de janeiro de 1948, Ghandi foi assassinado a tiros por um hindu rebelde. Seu corpo foi cremado e suas cinzas foram jogadas no Rio Ganges, local sagrado para os hindus.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *