Início » Cultura » Em defesa do gerúndio
Língua portuguesa

Em defesa do gerúndio

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O gerundismo, nome dado ao quase vício do uso abusivo do gerúndio, passou a ser hostilizado pelos brasileiros mais cultos, que acusam a expressão de ser um modismo vindo de traduções malfeitas dos manuais de telemarketing.

Na verdade, os operadores de telemarketing usam o gerúndio com franca voracidade, mas eles não criaram essa forma de expressão e nem ela vem do inglês mal traduzido. Herdado do latim, o gerúndio é a forma mais clássica da língua portuguesa.

No entanto, especialistas alertam que o uso do gerúndio é uma estratégia adotada por quem não tem poder de decisão. Isso explica a razão de o gerundismo ser tão irritante e tão usado por gente que não tem a palavra final, como os operadores de telemarketing. Ou seja, o problema não está no gerúndio.

Fontes:
Veja - Acusando, culpando e errando

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. José de Alencar disse:

    Estamos anotando seus comentários e já estamos providenciando!

  2. Carol disse:

    Acho que o senhor confundiu gerúndio e gerundismo, hein?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *