Início » Vida » Ciência » Impressoras 3D podem facilitar o trabalho na cozinha
Tecnologia

Impressoras 3D podem facilitar o trabalho na cozinha

A Foodini, que será lançada ainda este ano, pode moldar a comida em quase qualquer formato

Impressoras 3D podem facilitar o trabalho na cozinha
Foodini é a impressora 3D da Natural Machines (Reprodução/Natural Machines)

As impressoras 3D podem revolucionar o mundo da comida, pelo menos é isso que Alex Lightman e Hod Lipson acham. Lightman faz parte do conselho consultivo da Natural Machines, uma companhia de Barcelona que está se preparando para lançar a Foodini. Lipson, por sua vez, é um professor de engenharia na Universidade de Cornell que dirige o Laboratório de Máquinas Criativas.

A Foodini, que será lançada ainda este ano, pode moldar a comida em quase qualquer formato. Massas caseiras ser moldadas em quase qualquer forma e tamanho, hambúrgueres vegetarianos podem ser cuidadosamente repartidos e  porções idênticas de purê de batatas podem ser produzidas.

prato

Exemplo de prato elaborado pela Foodini (Reprodução/Natural Machines)

Segundo Lynette Kucsma, o fundador e diretor de marketing da Natural Machines, já há interesse de vários restaurantes, incluindo cadeias nacionais, e chefs com estrelas Michelin.

Lipson acredita que a impressora 3D, eventualmente, vai permitir também uma customização refente ao número de calorias da comida. A Foodini ainda não faz isso nem cozinha os ingredientes crus em raviolis, ou hambúrgueres. Mas ela tem WiFi, o que de acordo com Lipson é um recurso que poderia modelar o alimento da forma como o iPod modelou a música.

Ele acredita que é uma questão de tempo para que restaurantes não tenham cozinheiros, garçons nem caixas.  Os estabelecimentos só vão ter tablets com milhares de receitas para escolher, enquanto as impressoras 3D vão processar meticulosamente cada pedido.

Enquanto isso, Lightman oferece uma visão um pouco mais romântica sobre o futuro da comida com a impressora 3D. Em um jantar para dez amigos, por exemplo, todos vão poder comer juntos, além de comerem exatamente o que querem. “Você poderia ter uma comida diferente preparada para cada convidado, onde cada um teria uma refeição que julgaria nota 10, uma refeição perfeita”, disse Lightman. “E seria fácil de fazer.”

 

Fontes:
The Washington Post-One device will change how we cook forever

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *