Início » Cultura » Inglaterra concede liberdade aos católicos
Nesta Data

Inglaterra concede liberdade aos católicos

No dia 13 de abril de 1829, o parlamento inglês aboliu o Ato de Prova, concedendo liberdade aos católicos e enfraquecendo o anglicanismo

Inglaterra concede liberdade aos católicos
Católicos eram proibidos de participar de cargos públicos no Reino Unido até 1829 (Foto: Reprodução/Internet)

O Anglicanismo é a religião oficial da Inglaterra desde o ano de 1534, quando o rei Henrique VIII rompeu com a Igreja Católica e se estabeleceu como representante máximo do estado e da igreja no país. Em 1673 foi estabelecido o Test Act (Ato de Prova), uma lei que obrigava aos ocupantes de cargo a jurar lealdade ao monarca e à igreja anglicana.

Essa lei se estendeu aos deputados e trouxe constrangimento aos católicos, que não poderiam participar da administração do país. Anos depois a Inglaterra passou a receber um grande número de católicos que fugiam da Revolução Francesa.

A partir de 1801, quando a Irlanda se juntou ao Reino Unido, o número de fiéis à igreja papal aumentou consideravelmente. Os irlandeses queriam participar do parlamento e, como em sua maioria eram católicos, iniciaram uma campanha pelo fim do Ato de Prova no início da década de 1820.

Em 13 de abril de 1829, o parlamento inglês revoga o “Test Act”, concedendo direito de participação política aos católicos e enfraquecendo a igreja anglicana no Reino Unido.

A discriminação em relação a Igreja não acabou em 1829, ainda nos dias atuais, ingleses católicos reclamam de perseguição religiosa. O “Act of Settlement”, que proíbe que não-anglicanos tornem-se reis, ainda segue em vigor no Reino Unido.

Fontes:
UOL-Hoje na História: 1829 – Parlamento britânico abole 'Test Act'

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *