article image
Natal

Jesus não nasceu em 25 de dezembro

Até mesmo entre os cristãos há divergência quanto à celebração da data.

por Emanuelle Bezerra

fonte | A A A

Nesta época do ano, o comércio fatura mais do que em dias normais, as ruas ficam enfeitadas; há troca de presentes entre pessoas especiais e colegas de trabalho; e as escolas e as igrejas tentam ensinar às crianças que o verdadeiro sentido do Natal é o nascimento de Cristo. Verdadeiro? Até mesmo entre os cristãos há divergência quanto à celebração da data.

O nascimento de Jesus só passou a ser atrelado a essa data quando, por uma questão política, o imperador romano Constantino procurou resgatar a unidade religiosa do povo que governava. Constantino aproveitou a difusão do cristianismo para controlar o império. Foi ele que estabeleceu os costumes e rituais da Igreja Católica Romana, criada no Concílio de Nicéia em 325 d.C., passando o dia de celebração do sábado para o domingo e “criando” o Natal cristão. Além disso, a Igreja Romana assimilou muitos costumes de outros povos que o império dominava, como conta Henry Bettenson em seu livro Documentos da Igreja Cristã.

O que ocorre é que em outras culturas, anteriores a Cristo, 25 de dezembro era marcado como o dia do nascimento de deuses, geralmente ligados ao Sol. Na definição da Enciclopédia Barsa, o Natal é uma data “fixada no ano de 440, a fim de cristianizar grandes festas pagãs realizadas neste dia”.

Estas festas estão relacionadas às estações do ano. O culto pagão Natalis Invistis Solis (nascimento do deus sol invencível), ao deus Mithra, da Pérsia, do qual Constantino era sumo sacerdote, é celebrado nesta data, porque do dia 24 para o 25 acontece a passagem do Solstício de Inverno para o Equinócio de Primavera nos países do Hemisfério Norte. Durante o período do Solstício de Inverno, os dias são curtos e frios porque, segundo o Observatório Astronômico da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), desta perspectiva, o Sol se move durante seis meses para o sul e fica mais fraco. Ao nascer do dia 25, ele se move um grau, mas, desta vez, para o norte, trazendo dias mais longos e quentes e, claro, a primavera com suas flores, a colheita, o acasalamento dos animais e todo o culto em torno da fertilidade.

Os solstícios são as posições da Terra em relação ao Sol. Entre eles há os Equinócios de Primavera e Outono, que ocorrem quando os dois hemisférios ficam dispostos simetricamente em relação ao Sol, que sempre foi motivo de culto e adoração em inúmeros povos.

No Egito, 3000 anos a.C., o Sol aparece na figura do deus Hórus, que nasceu da virgem Isis, na mesma data de Mithra. Seu arqui-inimigo era Set, que representava o mal, as trevas ou a noite. Todos os dias eles travavam batalhas. Ao entardecer, Set ganhava e mandava Hórus para as trevas, ao amanhecer, acontecia o contrário e Hórus reaparecia vitorioso no céu. Durante a primavera e o verão, quando os dias são mais longos, Hórus prevalecia. De igual forma, a mesma estrutura mitologica é encontrada uma das versões da história de Krishna, da Índia, cujo nascimento teria sido em 25 de dezembro a 900 anos a.C., também de uma virgem, Devaki.

Jesus não poderia ter nascido nesta data, pois em Israel é inverno e dificilmente pessoas peregrinam nesta época. Os pais de Jesus estavam a caminho de Belém, próximo a Jerusalém, o que só ocorria em duas ocasiões — no aniversário da segunda cidade e na Festa dos Tabernáculos, ou Sucot, a festa das colheitas do povo judaico. Os indícios apontam que o nascimento teria acontecido na segunda ocasião. Russel Shedd constatou em seus estudos para a tese de doutorado que o nascimento se deu em outubro, durante a festividade, considerando os turnos de sacerdócio de Zacarias, pai de João Batista, primo de Jesus. “Ele nasceu na época da Festa dos Tabernáculos, em outubro. Seu nascimento pode ser calculado assim: Zacarias exercia seu turno em julho (Lc. 1:5,8) por ser do turno de Abias, o oitavo turno do ano eclesiástico que começava em março (I Cr. 24:10). Foi o mês da concepção de João Batista, (Lc. 1:23-24), que nasceu, pois em abril do ano seguinte. Jesus nasceu seis meses mais tarde, (Lc. 1:26), portanto em plena Festa dos Tabernáculos.”


De volta ao topo comentários: (124)

Sua Opinião

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Estado

Cidade

  1. miguel disse:

    eu acredito em DEUS e sei que sou filho dele…e não perco tempo com essas coisas.
    eu dedico meus dias para louvar e adorar ao meu DEUS que é o SENHOR DOS EXERCITOS…AMÉM.

  2. Tatiana disse:

    No dia 25 de dezembro como diz a igreja cat;ólica, foi a data escolhida para comemorar o dia do nascimento de Jesus, já que não se tem a data exata, ela escolheu estratégicamente a mesma data que os pagãos comemoravam o dia do deus sol, pois a igreja queria transformar as festas pagãs em cristãs, graças a Deus deu certo pois todos nós nessa data lembramos de Jesus e não do deus sol, não entendo porque muitos ficam se matando em não entender motivo que a igreja comemora nesta data, quando surgir alguma dúvida pergunte a um padre ele ira esclarecer e não ira quebrar a cabeça, temos que parabenizar a igreja pela sua luta em cristianizar desde aquela época da melhor forma e ainda tem gente que tenta virar o jogo ao invés de agradecer.

  3. HILDEBRANDO BARBOSA GOMES disse:

    JESUS NASCEU ENTRE SETEMBRO E OUTUBRO E MORREU NO DIA 14 DE NISSAN QUE É ABRIL DO ANO 30.

  4. Walter Sampietro disse:

    Foi esse mesmo imperador que modificou na Bíblia a palavra reencarnação por ressurreição, pois a primeira não dava lucro e tirava-lhe a possibilidade de se perpetuar como imperador.

  5. Luis Barati Silva disse:

    Ora, todo mundo sabe que foi um milagre de Deus ter feito Jesus nascer exatamente no dia do natal.

  6. Aloisio disse:

    Com tantas divagações respeito, começo inclusive a acreditar que Jesus”O Cristo” era Europeu de cabelos Loiros e Olhos azuis.

  7. Selgifredo Gomes Da Costa disse:

    Concordo plenamente com as declarações do escritor sobre o nascimento de Jesus. Visto que ele fora batizado no ano 29 EC e, quando isto ocorreu, ele tinha trinta anos de idade, concluímos com exatidão que seu nascimento ocorreu no ano 02 AC, porque o ano ZERO AC não foi incluso na contagem das eras. Além disso, por força de profecia bíblica, de nossa extrema confiança, quando por ocasião de sua morte ele tinha exatos 33 anos e 06 meses de vida. Visto que este fato aconteceu em 14 do mês de NISAN (ou ABIBE) do ano de 33 EC, é fato que ele havia completado exatos 33 anos de idade entre os dias 29 de setembro a 02 de outubro do ano 32 EC. Não temos a data exata do seu nascimento, mas temos certeza que ele ocorreu nesse período.

  8. willians rodrigues gomes disse:

    Não entendo o motivo de tanta discussão. A informação sobre o nascimento de JESUS, não passa de mais uma das milhares de mentiras apregoadas- e aceitas – pelo Cristianismo. É como Nietschze dizia: “O grande problema do cristianismo é o próprio cristão”.
    Nem eles se entendem quanto à salvação. Por exemplo, para os protestantes, literalmente, ninguém vai ao Pai senão através de Jesus Cristo, então os cristãos católicos irão para o inferno por adorarem e pedirem intervenção aos santos? Se os cristãos protestantes não estão nem aí para a santidade de Maria, então serão eles que arderão nas chamas do Capiroto??
    Vamos deixar de bobagens e, aproveitando o ensejo, alguém poderia me dizer com quem Caim perpetuou a espécie humana, já que Adão e Eva, após serem expulsos do paraíso, o conceberam e posteriormente veio Abel.
    Caim fez filhos com a própria mãe, com alguma de suas irmãs ou eu estou ficando doido???
    “Amar” a humanidade é fácil o difícil é amar o próximo.

  9. Áureo Ramos de Souza disse:

    Depois de ler o que a repórter escreveu, tonei a liberdade de ler os comentários e cheguei a seguinte conclusão : estamos todos errados, ninguém sabe exatamente o dia da morte de Jesus, como se relatou abaixo cada um com seus comentários, terminamos em uma Torre de Babel, una confusão tremenda. Jesus nasceu no dia do seu nascimento e temos que nos lembrar dele o ano todo. eu não compro roupa nova e nem tão pouco desejo Feliz Natal, isto é um grande besteirol. Lembro-me de Deus e Jesus o ano inteiro, compro roupa quando quero e agradeço a Deus já está com 6.7 na escala richit com saúde. Amém?

  10. ADILSON disse:

    ESTA CONCLUSAO ESTA CORRETA. E PARA REFORCAR, POSSO DIZER QUE QUANDO O ANJO ANUNCIOU O NASCIMENTO DE JESUS AOS PASTORES, ELES AO RECEBEREM O ANUNCIO SE ENCONTRAVAM NO CAMPO PASTOREANDO OVELHAS. E ISSO NAO E FEITO NO INVERNO. COMO DEZEMBRO O INVERNO E RIGOROSO NAQUELA REGIAO, ENTAO SE CONCLUI QUE JAMAIS ELES RECEBERAM O ANUNCIO EM DEZEMBRO MAS SIM EM OUTRO MES MAIS QUENTE. “TALVEZ SETEMBRO OU OUTUBRO”

  11. Fonseca disse:

    O Natal se tornou o resumo de mentiras e esta sendo esquecido como símbolo do nascimento de Jesus. O Homem se mobiliza somente para dar e ganhar presentes, que a cada ano ficam mais sofisticados. Concordo muitas datas festivas foram inventadas pela igreja crista e copiadas mundialmente, acredito também que Jesus não nasceu dia 25/12, mas esta data foi criada, a principio, como um ponto de parada para que a humanidade se confraternizasse com respeito e fé, criada para que a família fosse restaurada, e para que neste dia somente um pensamento perpetuasse: O perdão.

  12. Élida Priscila disse:

    Jesus nasceu sim no dia 25 de dezembro

  13. talia neta idalino disse:

    porque o natal e dia 25 se jesus nao nasceu nesse dia

  14. Wederson Geovane de Paula Winchester disse:

    Como Jesus cristo viveu trinta e três anos e meio e nasceu no Sucot, e com o auxilio do Millennia Calendar Lite podemos ver que as datas do calendário gregoriano correspondentes ao nascimento e crucificação de Cristo são respectivamente:

    Nascimento: segunda-feira, 25 de setembro de 6 a. C. (não em outubro como sugere o nosso amigo).
    Crucificação: sexta-feira, 13 de abril de 29 d.C.

    Todas as datas são referentes ao calendário gregoriano.

  15. Jamigo disse:

    Realmente o dia do nascimento não foi 25.
    Mas, considere que a Bíblia não diz que Zacarias saiu do Santuário e foi ter relações com Isabel. O Anjo diz: tua esposa vai te dar um filho… Quando? julho? Agosto ou setembro?
    Quanto a questão do inverno, considere que Deus não escolhe o mais fácil. Jesus nasceu em uma nação minúscula do Império Romano. Na menor cidade. Não nasceu em uma casa confortável e não foi posto em um berço macio. Também não nasceu em um dia ensolarado de verão.

  16. Adilson Rocha disse:

    Eu concordo. Numa epoca de friu as ovelhas ficam num reservado para se protegerem da neve. Na epoca um anjo anunciou o nascimento de Jesus aos pastores. E eles estavam no campo. Isso nao poderia ser, se fosse inverno.. Entao no nascimento de Jesus, era num mes mais quente. Concluindo. Nao poderia ser 25 de desembro por ser um periodo de friu estremo nessa regiao.

  17. celso tadeu batalha moura disse:

    A gente fica na dúvida, mas realmente o Natal nada mais é que o comércio, em primeiro plano fica um homem vestido de vermelho de barba branca, com cara de bonzinho, patrocinando a cultura de presentes e atrás dos presentes vem o comércio, e atrás disso é obvio lucros, quem será terá o poder de acabar com a mistura da Religão Cristão e o comércio, o tal de Papai Noel é uma figura anticristão com cara de velhinho ele vem vindo conquistando pessoas e nós acabamos sendo envolvidos por mais uma farsa histórica, a Religião tem o significado de unir pessoas em volta da paz espiritual e a salvação pela fé, e no caso do “bom velhinho’ o interessante é vender, comprar, presentear, causar medo nas crianças que tem que ser boazinhas senão deixa de ganhar presentes, é uma farsa muito grande, vamos sim comemorar o final de ano como mudanças do ano com alegrias e esperanças para um próximo ano, com presentes e festas, mas, misturar nascimento Jesus Cristo que é outra festa de muita alegria, transmissão de paz e também de esperança é inconcebivel, vamos repensar, todos nós somos levados a misturar e poucos pensam de forma diferente, o final de ano é uma festa pagã , Cristo é outra coisa.

  18. Rafael Saint-Clair Igreja disse:

    De fato, a Bíblia não traz dados exatos quanto a datas! Mas, estudar religião no sentido laico, é absurdamente notório que quase todas existem semelhanças entre sí! A questão da religiosidade não se trata se dados palpáveis, material… a religião serve, para quem acredita na sua, fortalecer a espiritualidade! Creio que o importante é seguir os fundamentos do bem, independente da crença.

  19. Victor Ivens disse:

    Quando o tópico é religião, principalmente se há críticas, os comentários são extensos, empolgados e volumosos.

    Eu só gostaria que fosse citado pelomenos uma fonte confiável, que não uma OPINIÃO (e não notícia) acerca dos cultos sobre Mithra, sobre Hórus ser o deus sol (então Rá era deus de que?), de isis tê-lo concebido virgem e sobre krishna e devaki.

    Se alguém acessar o lado direito do seu cérebro, não significa que ele contém a verdade, isso vale pra autora do texto e pros autores dos comentários.

  20. Andre Luiz de Almeida disse:

    “Jesus não tem dentes no país dos banguelas.”

  21. Erivaldo disse:

    Correto só falta mais versiculos para nos fazermos a leitura biblica, bom.

  22. Filipe disse:

    jesus nasceu no dia 25?
    R: claro … que não!

    JC nasceu perto de setembro e outubro, quando os pastores ainda estavam no campo, para além disso ra impossivel haver pastores naquela hora e naquele dia de inverno cerrado.

    Católicos , ACORDEM – a biblia não fala em datas. cristo nao nasceu no dia 25 de dezembro

  23. John disse:

    Muito bom o seu texto Bezerra.

    Pedro, você leu o texto todo?????? Parece que nao!

  24. pedro disse:

    se Jesus não nasceu Neste dia, qual foi então? Antes de comentar algo tem que ter certeza. Não devemos acreditar em Estudiosos Filósofos, etc. o único verdadeiro é Jesus.