Início » Cultura » Leon Trotski
Nesta data

Leon Trotski

No dia 21 de agosto de 1940, Leon Trotski é assassinado

Leon Trotski
Depois de viver na França e na Noruega, o revolucionário russo foi pedir asilo no México (Reprodução/Internet)

Trotski nasceu no dia 7 de novembro de 1879 na Ucrânia. Com 16 anos ele começou sua carreira política como um social democrata. Ativista contra o governo czarista russo, o jovem Trotski foi preso e exilado na Sibéria quando tinha apenas 18 anos. Ele foi assassinado no México, onde estava exilado, no dia 21 de agosto de 1940.

Em 1902, ele fugiu da Rússia rumo a Londres, onde conheceu Lênin. Juntos, eles lideraram a Revolução Russa de 1917 e organizaram a formação do primeiro Estado socialista do mundo. Nos primeiros anos da União Soviética, Trotski exerceu o cargo de Comissário do Povo para Guerra, comandando o Exército Vermelho – instituição criada por ele próprio.

Em 1923, as divergências entre ele e Stalin começaram a crescer. Ambos discordavam na questão da autodeterminação da Geórgia, do sistema altamente burocrático, defendido por Stálin e sobre a política de difusão do socialismo.

Um ano mais tarde, Lênin morreu. Sem seu aliado no Partido Comunista, Trotski começou a ser perseguido na Rússia. Primeiro, foi proibido a discursar em público e depois foi expulso da União Soviética, pelo então ditador russo Josef Stalin.

Seu primeiro destino foi a Turquia, onde permaneceu até 1933. Depois de viver na França e na Noruega, o revolucionário russo foi pedir asilo no México. Lá, morou na cidade de Coyoacán.

Mesmo vivendo na América Central, Trotski foi alvo de duas tentativas de assassinato. Na primeira, um homem atirou várias vezes na sua casa, mas não conseguiu matar o líder socialista. Na segundo vez, o comunista espanhol Ramón Mercader entrou na casa de Trotski e o matou com uma machadada na cabeça, no dia 21 de agosto de 1940. Ambos os casos, foram atribuídos a Stalin, mas o governo soviético negou envolvimento. O assassino foi preso e sentenciado com 20 anos de reclusão.

Fontes:
Uol Biografia-Leon Trotsky

6 Opiniões

  1. Ludwig Von Drake disse:

    E por falar em teoria da conspiração, tem também o Marechal Castello Branco, líder da revolução de 1964, mas no entanto um democrata, que teve sua aeronave abatida por outra aeronave da FAB. Nunca foi explicado.

  2. Apolonio Prestes disse:

    Uma pena nosso mundo ser envenenado pelas teorias da conspiração. O único assassinado aí foi Celso Daniel, os outros morreram de doença ou acidente. Cai na real, Joaquim!

  3. Joaquim Caldas disse:

    Quem explica os assassinatos de Celso Daniel,Tancredo Neves,Ulisses Guimarães,Eduardo Campos e outros???

  4. Vania disse:

    Leiam, O Homem que Amava os Cachorros – Leonardo Padura …

  5. Elmer C. Corrêa Barbosa disse:

    Os assassinos de Celso Daniel integravam o partido dos Trabalhadores; apenas bandidos e amigos e cumplices de Celso Daniel, que era da quadrilha e traiu o capo di tutti capi. O PT se diz socialista, mas não passa de socialismo cristão de sacristia; aquele que você comete o crime ou mente, confessa para o padre e esta perdoado. No Brasil nunca teve socialistas de fato, muito menos marxistas. Tivemso governos fascista (Getulio), positivista (todos os militares) e oportunistas, como os dois do PT. Mas nenhum marxista. Hoje se comemora 75 anos da morte de Trotski, não justo alinhar as ideias dele com a desta corja que hoje se esconde da policia e do Juiz Moro.

  6. Roberto1776 disse:

    Jamais confie nestes bandidos conhecidos como comunistas ou socialistas.
    REMEMBER CELSO DANIEL.
    Até hoje não consigo compreender como é que legalizaram esses partidos assassinos no Brasil.
    A NOSSA DÍVIDA COM OS MILITARES DE 1964 É IMPAGÁVEL.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *