Início » Cultura » Morre, aos 83 anos, o ator Omar Sharif
Obituário

Morre, aos 83 anos, o ator Omar Sharif

O ator, que sofria de Alzheimer, morreu no Cairo de um ataque cardíaco nesta sexta-feira

Morre, aos 83 anos, o ator Omar Sharif
Omar Sharif em "Doutor Jivago", de 1965 (Foto: Wikipédia)

Omar Sharif foi uma das maiores estrelas de cinema na década de 1960 e o primeiro ator árabe a ganhar fama internacional. Foi indicado ao Oscar por sua atuação no filme “Lawrence da Arábia”, de 1962, ao lado de Peter O’Toole. Ele interpreou Sherif Ali no lendário filme que conta a participação do arqueólogo e escritor britânico Thomas Lawrence nas rebeliões árabes da Primeira Guerra Mundial.

“Ele morreu esta tarde de um ataque cardíaco no Cairo. Ele estava em um hospital especializado para pacientes com Alzheimer”, declarou seu agente, Steve Nicks, à BBC, em Londres.

Em maio deste ano, seu único filho, Tarek, confirmou a doença de seu pai. “Meu pai tem Alzheimer. É difícil determinar em que fase está”.

Omar, cujo nome de batismo era Michael Demetri Shalhoub, nasceu em 10 de abril de 1932, em uma família abastada na Alexandria, Egito. Se formou em física e matemática na Universidade do Cairo, e trabalhou por muitos anos na empresa de venda de madeireira de seu pai.

Poliglota, ele interpretava com facilidade quase qualquer papel em qualquer ambiente cultural. “Minha filosofia é viver o momento de forma intensa, como se fosse o último. Eu não penso no que fiz ou no que vou fazer. Penso no que estou fazendo agora”, disse ele em uma entrevista ao New York Times em 2003.

Protagonista do sucesso “Doutor Jivago” (1965), o ator também era conhecido mundialmente pela interpretação do papel-título do filme “Funny Girl – A Garota Genial”. Neste, ele interpretou Nick Arnstein, o apostador por quem Fanny Brice, interpretada por Barbra Streisand, se apaixona.

O envolvimento dentro e fora das telas de Sharif, mulçumano egípcio, e Streisand, judia defensora de Israel, causou problemas para ele com as autoridades egípcias. Mesmo assim, ele apareceu na sequencia do filme, “Funny Lady”, de 1975.

Apesar de sua principal referência ser “Lawrence da Arábia” e “Doutor Jivago”, o ator atuou, segundo o site IMDB, em 118 filmes, de 1954 a 2013.

Em 2007, o ator, que ficou conhecido também por sua mestria no jogo de “bridge”, foi condenado a dois anos de prisão, que cumpriu em liberdade condicional, e a fazer 15 sessões de terapia para controlar a raiva, por ter agredido, em um estacionamento de Los Angeles, um manobrista que não aceitou que pagasse com euros.

Em 2009, ao divulgar o filme “O viajante” no Festival de Veneza, o ator disse que teve “muitas aventuras com mulheres”, mas apenas um grande amor” – seu casamento, que terminou em 1974.

“Eu sou o único ator no mundo que não tem um centro em sua vida. Eu morei em hotéis em toda a minha vida e comi em restaurantes – sempre. Tive uma vida feliz, não há por que chorar.”

Fontes:
G1-Omar Sharif, de 'Lawrence da Arábia' e 'Doutor Jivago', morre aos 83 anos
The nEw York Times-​Omar Sharif, a Star in ‘Doctor Zhivago,’ Dies at 83

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *