Início » Cultura » Morre Ary Barroso
Nesta Data

Morre Ary Barroso

Um dos maiores compositores da história da MPB, Ary Barroso morreu no dia 9 de fevereiro de 1964

Morre Ary Barroso
Ary morreu devido a complicações da cirrose, depois de três anos lutando contra a doença (Foto: Reprodução/Internet)

Ary Evangelista Barroso foi um dos principais compositores do Brasil. Autor de centenas de canções da música popular brasileira. Foi indicado ao Oscar de melhor canção original pela música “Rio de Janeiro”, que fazia parte da trilha sonora do filme “Brasil” (1944).

Ary ficou órfão ainda jovem, aos oito anos de idade, e passou a ser criado pela avó. Aprendeu com sua tia a tocar piano e aos 12 anos passou a trabalhar como pianista auxiliar no Cine Ideal, em sua cidade natal, Ubá, MG. Aos 17, recebeu uma herança e mudou-se para o Rio de Janeiro para estudar Direito. No ano seguinte, já havia gastado todo o seu dinheiro e teve de abandonar a faculdade para trabalhar. Passou a fazer fundo musical para filmes mudos no Cine Íris. Em 1923, entrou para a orquestra do mestre Sebastião Cirino.

Em 1926, conseguiu voltar a cursar Direito. Dois anos depois, se mudou para São Paulo, onde entrou para a orquestra do maestro Spina. Durante os oito meses de turnê com a orquestra, compôs muitas músicas. A primeira a ser gravada foi “Vamos Deixar de Intimidade”, pelo amigo de Ary, Mário Reis.

A partir desse momento, sua carreira ganhou impulso. Teve várias composições de sucesso gravadas por outros cantores. Foi comentarista esportivo, humorista, ator e locutor na Rádio Tupi. Em 1939, lançou  sua música mais famosa, “Aquarela do Brasil”.

Em 1946, foi eleito vereador com o segundo maior número de votos do país, perdendo apenas para Carlos Lacerda, no Rio de Janeiro, na época capital federal. Participou da escolha do local onde seria construído o estádio da final da Copa do Mundo de 1950, o Maracanã.

Encontrou com Heitor Villa-Lobos em 1955 para receber o prêmio da Ordem do Mérito, concedido pelo então presidente Café Filho. Em 1961, Ary foi diagnosticado com cirrose. Entre idas e vindas da doença, foi internado três vezes, na última não resistiu e morreu no dia 9 de fevereiro de 1964.

Fontes:
UOL-Ary Barroso

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *