Início » Cultura » Museu suíço herda obras saqueadas pelos nazistas
Caso Cornelius Gurlitt

Museu suíço herda obras saqueadas pelos nazistas

Colecionador Cornelius Gurlitt, que morreu na última terça-feira, havia elaborado um testamento doando as obras roubadas pelos nazistas ao Museu de Belas Artes de Berna

Museu suíço herda obras saqueadas pelos nazistas
O Museu de Belas Artes de Berna é o único herdeiro de Gurlitt (Reprodução/internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Cornelius Gurlitt, o colecionador de arte alemão que morreu na última terça-feira, 6, em Munique, deixou todas as cerca de 1.400 obras da coleção – supostamente saqueada pelos nazistas –  ao Museu de Belas Artes de Berna, na Suíça. O anúncio foi feito pelo Tribunal distrital de Munique nesta quarta-feira, 7. De acordo com o comunicado, Gurlitt, que morreu aos 81 anos, deixou um testamento no estado de Baden-Württemberg (sudoeste da Alemanha).

Leia mais: “Morre colecionador de obras de arte pilhadas durante o nazismo”
Leia mais: “Obras de arte saqueadas durante o regime nazista podem retornar aos seus proprietários”

Uma fonte ligada à família informou que Gurlitt havia eleborado o documento (com firma reconhecida) desde o início do ano. De acordo com o diretor da instituição, Matthias Frehner, não havia qualquer relação entre o museu e o herdeiro do negociante de arte Hildebrand Gurlitt. A notícia “veio como um raio do céu”, explica.

Até o momento a entidade não informou se pretende aderir às normas internacionais de restituição de arte (estabelecidas em 1998) ou se devolverá a coleção às vítimas do Holocausto. Em meados de abril, o octogenário havia chegado a um acordo junto às autoridades alemãs sobre o futuro das obras encontradas, e imediatamente confiscadas, no seu apartamento em 2012. Na ocasião, ficou estabelecido que algumas obras seriam devolvidas aos seus proprietários, ou descendentes, que tinham o prazo de um ano para provar a sua propriedade.

 

Fontes:
The Wall Street Journal-Art Collection Believed to Include Nazi-Looted Works Left to Swiss Museum
DN Artes-Dono do tesouro nazi deixa coleção a museu suíço

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *