Início » Cultura » Museus privados da China lutam para sobreviver
CULTURA

Museus privados da China lutam para sobreviver

Os altos custos dos museus privados na China têm desanimado os proprietários. Estima-se que existam 1,5 mil estabelecimentos do tipo em todo o país

Museus privados da China lutam para sobreviver
Museus privados chineses enfrentam dificuldades (Foto: Private Domain Pictures)

Os muitos museus privados da China, cujos proprietários se revelaram uma benção para o mercado de arte nos últimos anos, enfrentam um futuro incerto. Assim diz o Relatório do Mercado de Arte deste ano sobre o país, escrito por Kejia Wu, membro do corpo docente do Instituto de Arte da Sotheby’s e colunista do Financial Times Chinese.

O relatório foi encomendado pela feira de arte Tefaf, que abriu em Maastricht esta semana. O número exato de museus privados na China não é exato, mas Kejia avalia em pelo menos 1.500 (de 5.000 museus), com base em um anúncio feito, em novembro, pelo Ministério da Cultura da China.

Mas os custos estão começando a desanimar alguns proprietários. Como a maioria dos museus públicos ao redor do mundo, eles lutam para se equilibrar. Entre os 17 entrevistados do relatório está Jenny Wang, presidente do Fosun Art Center, que estima que a manutenção do prédio de Xangai custa US$ 750 mil por ano.

Liu Yiqian, cofundador do inovador Long Museum da China, estima que a perda anual em seu museu West Bund, a maior de suas três filiais, é de 40 milhões de libras (US$ 6 milhões).

Alguns tipos de incentivos fiscais para colecionadores, como os oferecidos nos EUA, são apresentados como uma solução. “Precisamos aprender com o ocidente sobre como eles criam políticas de apoio”, diz Jiang Yingchun, diretor-executivo da Poly Culture Group, estatal chinesa, que administra a maior empresa do país.

Fontes:
Financial Times-China’s private museums struggle with costs

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *