Início » Cultura » Música que revolucionou a carreira de Bob Dylan completa 50 anos
'Subterranean Homesick Blues'

Música que revolucionou a carreira de Bob Dylan completa 50 anos

A música 'Subterranean Homesick Blues' impulsionou a carreira de Dylan ao trazer algo diferente para a música da época

Música que revolucionou a carreira de Bob Dylan completa 50 anos
Imagem do clipe de Subterranean Homesick Blues, que entrou para a lista das 500 maiores música da revista 'Rolling Stone' (Reprodução/Internet)

Era um dia frio de inverno em Nova York, segundo dizem os historiadores, com a temperatura perto de zero, quando Bob Dylan foi até o estúdio A da Columbia Records para mudar a história com uma música chamada “Subterranean Homesick Blues”.

Nesse ponto, no dia 14 de janeiro de 1965, Dylan era conhecido no mundo como um cantor de músicas do estilo folk, que escreveu músicas com alta carga política em sequência, parecendo uma voz rebelde contra o dedilhar de seu violão.

Depois de um começo sem muito sucesso com o álbum que leva seu nome, Dylan lançou seu segundo e o terceiro álbum, que alertavam aos contemporâneos que algo novo estava chegando. Bob Dylan lev ou aos jovens da geração baby boom a ideia de autenticidade com suas letras sobre políticos vigaristas, assassinos racistas e a sombra crescente de uma aniquilação nuclear.

Em “Subterranean Homesick Blues”, Dylan se dirige às pessoas cansadas da ladainha e de receber instruções de como e o que devem fazer. O cantor diz na música “Não sigam líderes” e “Vá atrás, seja barrado/Volte, escreva em Braille/Seja preso, salte a cerca”. A música foi inspirada no estilo de Chuck Berry, com uma pitada de Woody Guthrie.

O álbum “Bringing It All Back Home”, em que Dylan lançou “Subterranean Homesick Blues”, recebeu o disco de platina pelo número de cópias vendidas. Também entrou para a lista dos 200 melhores álbuns da história do Rock’n’Roll, feita pelo Rock and Roll Hall of Fame. A música entrou também na lista das 500 maiores músicas da história da revista Rolling Stone, na posição 340.

Fontes:
The Guardian-Bob Dylan and the Subterranean Homesick Blues revolution

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *