Início » Cultura » Músico é demitido por justa causa por não comparecer à avaliação
Crise na OSB

Músico é demitido por justa causa por não comparecer à avaliação

A rescisão do contrato de trabalho do músico ocorreu no dia 31 de março

Músico é demitido por justa causa por não comparecer à avaliação
Muitos músicos boicotaram as avaliações de desempenho

Após receber duas chamadas para uma avaliação de desempenho e, junto com outros músicos integrantes da Orquestra Sinfônica Brasileira, ter se recusado a comparecer, Ricardo Santoro foi demitido por justa causa da OSB. O comunicado foi feito por meio de um telegrama.

A rescisão do contrato de trabalho do músico ocorreu no dia 31 de março e tinha como justificativa de que Santoro, como os outros músicos tinham conhecimento da obrigatoriedade da participação na avaliação dentro do período que essa aconteceria.

O telegrama pede ainda que Santoro devolva instrumentos equipamentos e todos os documentos que  a OSB forneceu ao músico para possibilitar a sua atividade na orquestra.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Dorival Barroso disse:

    É o fim da picada. As pessoas estao cancelando suas assinaturas em protesto. No desespero a OSB colocou anúncio de página inteira hoje no Globo para vender assinaturas. Isso nunca foi necessário, vendia que nem pão quente.
    Músicos importantes como o maestro Roberto Tibiriça e a pianista Cristina Ortiz cancelaram seus concertos com a OSB em protesto contra essa atitude truculenta.
    Não se trata alguém que dedicou décadas a uma instituição como se fosse um cachorro velho…

  2. Mozar da Silva disse:

    Enquanto esse maestro fascista estiver lá eu não piso num concerto da OSB. Não entendo uma empresa como a Vale compactuar com essas atitudes criminosas.

  3. violinista disse:

    Estão despedindo os melhores talentos da orquestra. O spalla Michel Bessler, o primeiro violoncelo Alceu Reis, provavelmente o melhor do Brasil, David Chew, os gêmeos Santoro…

    É um absurdo, esse maestro fascista está desmanchando a orquestra!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *