Início » Cultura » Mussolini funda o Partido Fascista
Nesta Data

Mussolini funda o Partido Fascista

No dia 23 de maio de 1919, Benito Mussolini funda o Partido Fascista Italiano, que governou o país durante o período da Segunda Guerra Mundial

Mussolini funda o Partido Fascista
Benito Mussolini foi professor e jornalista, além de membro do partido socialista até ser expulso (Foto: Wikipédia)

Benito Mussolini foi o líder fascista da Itália durante o período da Segunda Guerra Mundial. Fundou o partido fascista italiano no dia 23 de maio de 1919, após o fim da Primeira Guerra Mundial.

Em 1914, Mussolini escrevia para jornais de esquerda e fazia parte do Partido Socialista de seu país. Exercia o magistério. Ao ser expulso de seu partido, alistou-se no exército, onde chegou até a patente de sargento.

Nascido em 1883, formou-se professor de escola primária aos 18 anos. Um ano depois se mudou para a Suíça, de onde foi expulso graças aos seus ideais socialistas. Nietzsche teve grande influência em sua ideia de que só a violência pode transformar uma sociedade.

Em 1911, Mussolini já era um dos principais nomes do movimento socialista da Itália, era secretário do partido e havia sido preso por liderar um movimento operário contra a guerra turco-italiana.  Foi expulso do partido ao defender a entrada da Itália na Primeira Guerra Mundial.

Rápida escalada ao poder

A ascensão meteórica de Benito Mussolini se deveu a vários fatores, entre eles: Crise financeira que assolava o país, trazendo inflação, desemprego e fome; e a indefinição política em meio à disputa entre o Partido Socialista e o Partido Popular pelo poder.

No dia 23 de maio de 1919, fundou o Partido Fascista, que defendia o fim do Senado, uma nova Constituição e o controle das fábricas pelos operários e técnicos. No ano seguinte deu apoio ao movimento de trabalhadores no norte do país. O líder fascista foi eleito ao parlamento, em 1921, e um ano depois liderou a marcha sobre Roma dos camisas-negras.

Em 1924, conseguiu a maioria no parlamento através de um pleito considerado fraudulento. No ano seguinte, foi escolhido primeiro-ministro pelo rei Vítor Emanuel III. Ficou no comando do país até 1943, quando foi destituído e preso pelo Grande Conselho Fascista. Após tentativa de fuga, foi executado em 28 de abril de 1945.

Fontes:
E-Biografias-Benito Mussolini

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *