Início » Cultura » Nelson Rodrigues completaria 100 anos nesta quinta
Centenário

Nelson Rodrigues completaria 100 anos nesta quinta

Dramaturgo, cronista, jornalista e romancista, Nelson Rodrigues morreu em dezembro de 1980, aos 68 anos de idade

Nelson Rodrigues completaria 100 anos nesta quinta
Ainda adolescente, Nelson Rodrigues estreou como repórter de polícia no jornal do pai (Fonte: Reprodução/Yahoo!)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

No dia 23 de agosto de 1912 nascia no Recife o fundador do teatro moderno brasileiro, Nelson Rodrigues. O dramaturgo pernambucano, que foi também cronista, jornalista e romancista retratou a “nova classe média”, mesmo antes de ela existir oficialmente.

Especialista em frases de efeito, Nelson Rodrigues era também torcedor fanático do Fluminense. Críticos de teatro ressaltam a eternidade das obras de um dos maiores nomes da dramatugia brasileira. Entre suas principais peças estão “Vestido de Noiva”, de 1943, “A Falecida”, de 1953, e “O Beijo no Asfalto”, de 1960.

Nelson Rodrigues tinha uma obsessão pela morte, e dizia que durante a sua infância fugia da escola para ir a velórios. Ainda adolescente, aos 13 anos, Nelson estreou como repórter de polícia no jornal do pai, o jornalista Mário Rodrigues.

Tragédias ao longo da vida

Algumas tragédias marcaram a vida do dramaturgo. Em 1929, uma mulher inconformada com uma reportagem sobre o seu divórcio, foi à redação em busca do proprietário do jornal. Como não o encontrou, pediu para falar com um de seus filhos. O ilustrador Roberto Rodrigues, irmão de Nelson, foi quem a atendeu e foi morto com um tiro. Pouco tempo depois, o pai de Nelson morreu em decorrência de uma trombose cerebral.

Vieram ainda alguns anos de pobreza, duas internações por tuberculose, a morte de outro irmão por causa das chuvas do verão carioca de 1966, o fim do primeiro casamento, as turbulências da segunda união, além do nascimento de uma filha cega.

Nelson Rodrigues morreu em dezembro de 1980, aos 68 anos de idade, deixando seis filhos, 17 peças e 16 livros. Muitos dizem que as frases, as obras e as criaturas de Nelson Rodrigues tornaram-no imortal e eternamente moderno.

Confira abaixo algumas frases famosas de Nelson Rodrigues:

– Toda a unanimidade é burra.
– Só o inimigo não trai nunca.
– Deus está nas coincidências.
– Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos…
– O jovem tem todos os defeitos do adulto e mais um: o da inexperiência.
– Todo amor é eterno. Se não é eterno, não era amor.

Fontes:
Veja - Nelson Rodrigues, aos 100, ainda é a cara do Brasil real
Yahoo! - Um século de Nelson Rodrigues

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. wanderley f. silva disse:

    DURANTE MINHA ADOLESCÊNCIA LI COM CURIOSIDADE AS CRÔNICAS URBANAS “A VIDA COMO ELA É ” NA ÚLTIMA HORA.
    NO FIM A DONZELA DIZIA QUE TOPAVA A INICIAÇÃO SEXUAL SÓ SE FÔSSE DENTRO DA SEPULTURA.
    NELSON ERA O ESCRITOR DO PATÉTICO.SUAS FRASES SÃO IMPACTANTES.
    NUNCA VÍ UMA SEQUER DE SUAS PEÇAS,CERTAMENTE SEGUIRÁ À LINHA DO IMPACTO.
    LÍ COM PRAZER SUAS CRÔNICAS ESPORTIVAS.MAS ACHO DISCUTÍVEL SER A SELEÇÃO A PÁTRIA EM CHUTEIRAS.
    PARA MIM FICOU INESQUECÍVEL O TRICOLOR CARIOCA INSANO.
    “O FLUMINENSE CALÇOU AS SANDÁLIAS DA HUMILDADE…”
    ERA DA LINHA DO CARLOS LACERDA, QUE PARA PROVOCAR OS LEITORES COMPRAVA BRIGAS HOMÉRICAS E SERIA CAPAZ DE POLEMIZAR A VIRGINDADE DE MARIA.
    NELSON RODRIGUES SE FAZIA AMAR E ODIAR INTENSAMENTE.
    DEPOIS EU CORRIA PARA AS CRÔNICAS DE OBSERVAÇÃO PROFUNDA DO RIDÍCULO DO STANINSLAW PONTE PRETA E ME FECHAVA NO BANHEIRO PARA VER SUAS “CERTINHAS” COM MAIÔS QUE HOJE FARIAM RIR QUALQUER MADRINHA DE BATERIA.DE ESCOLA DE SAMBA.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *