Início » Cultura » Novo livro conta a tragédia que foi o terremoto de Lisboa
Cultura

Novo livro conta a tragédia que foi o terremoto de Lisboa

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O grande terremoto que destruiu a capital portuguesa na manhã de 1º de novembro de 1755, o dia de Todos os Santos, foi o primeiro de uma série de desastres naturais que surpreenderam a Europa na segunda metade do século XVIII e no início do século XIX.

O norte-americano Nicholas Shrady relata em "The Last Day" a rápida e inesperada destruição da cidade. No espaço de duas horas, Lisboa foi reduzida a escombros, inundações e incêndios. A Economist diz que, apesar de Shrady tentar trazer à tona esta história, ele não alcança a dimensão que o impacto do terremoto de Lisboa teve sobre o pensamento contemporâneo.

O intérprete mais influente do terremoto, diz a revista, foi Voltaire, que o utilizou para atacar a crença na existência de Deus. A Economist ressalta que Portugal foi o principal campo de batalha da época entre a religião e a ciência.

Fontes:
Economist - Natural disaster -- Fire and brimstone

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *