Início » Cultura » O homem que derrubou Cassius Clay
Esporte

O homem que derrubou Cassius Clay

Reino Unido lamenta morte de Sir Henry Cooper, campeão nacional de boxe por mais de uma década

O homem que derrubou Cassius Clay
Henry Cooper foi o homem que derrubou Cassius Clay

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Todas as honras e cargos que poderiam ser concedidos a um herói nacional do esporte foram dadas a Sir Henry Cooper, um pugilista peso pesado britânico, que morreu no dia 1º de maio, aos 76 anos. Além dos cinturões e troféus que conquistou nos ringues, ele foi condecorado com a medalha da Ordem do Império Britânico e se tornou um cavaleiro. Uma rua no subúrbio londrino de Eltham, onde ele cresceu, recebeu seu nome, assim como um pub (agora fechado) no distrito de Elephant & Castle. Perto dali, uma placa azul oficial – que indica um prédio de importância histórica – adorna outro pub, onde, no andar de cima, ficava a academia na qual Sir Henry costumava treinar.

Depois de ser eleito pela BBC, a personalidade esportiva do ano em 1967 e 1970, Sir Henry passou a ocupar o posto de capitão no longevo quis show transmitido pela emissora, “A Question of Sport”, um feito destinado somente à elite do esporte nacional. Seus bons modos e bom humor o diferenciaram. Ele se manteve um cavalheiro em um esporte no qual os campeões eram marcados pela brutalidade.

Mesmo em seu auge nos ringues, Sir Henry podia ser visto vendendo frutas e vegetais na banca que mantinha com seu irmão gêmeo, George (que também não fez feio em sua passagem pelos ringues). Ele nunca perdeu o contato com suas raízes, mas também era um fruto da necessidade. As recompensas que os grandes pugilistas receberam eram magras se comparadas aos prêmios multimilionários oferecidos atualmente, mesmo a lutadores de habilidade limitada.

Infelizmente par Sir Henry, embora ele tenha mantido o título britânico por mais de uma década, ele nunca conquistou o título mundial. O ‘Enry’s ‘Ammer’, seu gancho de esquerda e marca registrada, nocauteou Cassius Clay em uma luta não-oficial, em Londres, em 1963. O gongo e uma troca de luvas deram ao jovem boxeador norte-americano, o tempo necessário para se recuperar. Clay venceu essa luta e a seguinte, contra Sonny Liston, conquistando o título mundial dos pesos pesados. Em 1966, ele retornou a Londres, já sob o nome de Muhammad Ali, derrotando Sir Henry em uma revanche.

Ali se tornou uma superestrela global. A fama de Sir Henry ficou restrita ao Reino Unido. Ainda assim, essa fama era tamanha, que permitiu a Sir Henry viver de aparições ocasionais em comerciais de loção pós-barba e cereais matinais. Infelizmente, seus investimentos fracassaram, forçando-o a vender seus títulos de carreira em 1993. Ele nunca reclamou. Ele era o que os britânicos, desconfiados do sucesso, mais adoram – um perdedor corajoso.

Fontes:
Economist - Sir henry Cooper

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. LucaS disse:

    Não foi mencionado que o treinador do Clay utilizou ‘sais de cheiro’ para reanima-lo, o que era proibido. Considerem isto e o tempo de recuperação que o Clay teve na troca de luvas e podemos aumentar tremendamente as chances de vitória do Cooper.Também deve ser lembrado que o Cooper estava vencendo esta luta nos pontos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *