Início » Cultura » O que é preciso para ser escritor?
Mundo literário

O que é preciso para ser escritor?

Atualmente, para serem bem-sucedidos os escritores precisam ter uma visão empresarial e uma estratégia de marketing

O que é preciso para ser escritor?
Os escritores precisam cultivar a amizade dos formadores de opinião, cujas ideias e julgamentos podem definir o sucesso de um livro (Reprodução/ Brett Ryder)

Hoje, ser um escritor requer mais do que uma ideia brilhante e um bom texto. Os escritores precisam também ter visão empresarial e um plano estratégico de marketing para fortalecer sua imagem e divulgar seus livros. Existe uma competição agressiva para atrair a atenção dos leitores e dos críticos, além de poucas livrarias com catálogos de novos títulos. Em 2013 as editoras publicaram cerca de 1,4 milhão de livros nos Estados Unidos, mais de cinco vezes o número de títulos publicados há dez anos. Os editores estão cada vez mais concentrando seus esforços em poucos títulos que, na opinião deles, farão um grande sucesso e não demonstram interesse por autores menos conhecidos, ou temas que não têm apelo popular.

Muitos escritores sonham com um final feliz no qual, depois de entregarem sua obra prima, sentam e esperam o fluxo interminável dos pagamentos dos direitos autorais. Mas agora o ato de escrever um livro é o prólogo de mais trabalho. Até mesmo escritores famosos precisam investir uma grande quantidade de tempo e de recursos para se promoverem. Em geral, o trabalho de divulgação dos livros era realizado pela equipe de relações públicas das editoras. Atualmente, os escritores com mais visão empresarial contratam seus agentes literários, mesmo se estiverem no início da carreira ou se forem famosos como J.K. Rowling, a autora de Harry Potter.

Os escritores precisam cultivar a amizade dos formadores de opinião, cujas ideias e julgamentos podem definir o sucesso de um livro. Antes um grupo restrito de críticos de jornais era o principal árbitro do gosto literário. Hoje, à medida que o número de críticos de jornais tem diminuído, diversos blogs e redes sociais assumiram essa função.

 

Fontes:
The Economist-Authorpreneurship

1 Opinião

  1. Ludwig Von Drake disse:

    Confesso que já sonhei ser escritor. Até fiz faculdade. Mas aí deparei-me que ninguém mais lê. Nem eu. E quem lê entende tudo errado. A livraria só vende lixo. Definitivamente, desisti.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *