Início » Cultura » O que os políticos leem? Conheça o livro favorito de alguns deles
Literatura

O que os políticos leem? Conheça o livro favorito de alguns deles

Conheça o livro preferido de Barack Obama, Dilma Rousseff, Hillary Clinton e outros políticos famosos

O que os políticos leem? Conheça o livro favorito de alguns deles
Em 2001, Bush foi flagrado com um livro de ponta cabeça durante visita em um colégio (Reprodução/Internet)

Depois da revelação de que Paul Ryan, vice do candidato à presidência norte-americana Mitt Romney, é um antigo fã da escritora Ayn Rand, jornalistas, críticos e o público em geral ficaram curiosos para saber mais sobre os gostos literários dos políticos e como eles influenciam sua forma de governar. Geralmente os políticos são os personagens de livros, mas não falam sobre seus hábitos de leitura. Será que Barack Obama é fã de poesia? Qual romance clássico tem um lugar especial na estante de Hillary Clinton? E Dilma Rousseff, o que lê? Conheço agora os livros favoritos de alguns políticos contemporâneos.

LEIA MAIS: A influência de Ayn Rand na política de Paul Ryan, vice de Mitt Romney

Paul Ryan – Atlas Shrugged de Ayn Rand


Depois de ter sido empurrado para o centro das atenções ao se tornar candidato à vice-presidência dos EUA, Ryan vem tentando minimizar seus louvores à filosofia de Rand. O ateísmo e a visão da Rand sobre o aborto como um “direito moral” realmente não combinam com a postura conservadora de Ryan, mas ele não pode apagar o discurso apaixonado que fez apenas alguns anos atrás sobre a escritora, cuja importância reside na sua apaixonada defesa do capitalismo.

Dilma Rousseff – Grande Sertão: Veredas por Guimarães Rosa

Dilma tem fama de devoradora de livros entre os companheiros de trabalho. Os mais íntimos dizem que a presidente gosta de discutir em viagens e momentos de descontração sobre o que está lendo ou já leu. Um dos livros preferidos de Dilma é “Grande Sertão: veredas”, de Guimarães Rosa: “Acho inigualável”, disse a presidente. Apesar do que dizem seus aliados mais próximos, quem pode esquecer de um momento constrangedor vivido pela atual presidente durante a campanha presidencial, quando apareceu confusa ao ser questionada sobre seu livro favorito? Relembre este momento que Dilma certamente gostaria de esquecer no vídeo abaixo:

 

José Serra – Crime e Castigo por Dostoiévski


José Serra afirma que aprendeu a escrever após se debruçar sobre a obra de Machado de Assis. Entre seus livros favoritos estão Dom Casmurro, Quincas Borba e Memórias póstumas de Brás Cubas, mas para o candidato a prefeitura de São Paulo, um dos livros de maior importância é Crime e Castigo, de Dostoiévski.

 

 

 

Hillary Clinton – Little Women (Mulherzinhas) por Louisa May Alcott


A atual secretária de Estado dos EUA  tem uma propensão declarada por romances que relatam as alegrias e lutas das mulheres norte-americanas. Seus outros favoritos incluem The Color Purple e The Joy Luck Club .

Barack Obama – Song of Solomon por Toni Morrison


Conhecido como um admirador da literatura, os hábitos de leitura do presidente Barack Obama têm sido um tema de interesse público nos EUA. Desde que ele foi eleito presidente,  são divulgadas listas com suas leituras atuais. Entre os trabalhos de Emerson, Twain e Lincoln, Obama cita frequentemente Song of Solomon de Toni Morrison como um de seus romances favoritos.

Sarah Palin – as obras de CS Lewis

Ao contrário do que as entrevistas de Sarah Palin podem indicar, a candidata do Partido Republicano a vice-presidente na eleição de 2008 afirma ser uma leitora voraz: “Eu leio tudo e qualquer coisa que chega em minhas mãos,  e tenho feito isso desde que eu era uma menina”, disse.

 

John McCain – For Whom the Bell Tolls (Por Quem os Sinos Dobram) por Ernest Hemingway


Um prisioneiro de guerra durante a Guerra do Vietnã,  McCain  fala frequentemente sobre o seu amor por Robert Jordan, o protagonista de Ernest Hemingway em Por Quem os Sinos Dobram. “Robert Jordan é o que eu sempre pensei que um homem deveria ser”, diz.

Mitt Romney – The Adventures of Huckleberry Finn (As Aventuras de Huckleberry Finn) por Mark Twain


Mitt Romney apareceu em uma gravação dizendo que gostava da série de livro Crepúsculo. Mas seus favoritos são Adventures of Huckleberry Finn e East of Eden, pelo menos de acordo com sua página no Facebook .

Bill Clinton – Meditations (Meditações) por Marco Aurélio

O ex-presidente Bill Clinton é um ávido leitor, conhecido por seu amor tanto por pesadas ​​reflexões filosóficas como por ficções mais leves. Na lista de seus livros favoritos estão Invisible Man, Macbeth, e Non Zero. Mas um livro que está frequentemente na ponta da sua língua é Meditations do imperador romano Marco Aurélio. Clinton diz que usou filosofias do livro, que discutem como praticar a moderação no poder, como um modelo para sua própria presidência. “Como um imperador, ele tinha o poder absoluto e este livro é, em parte, sobre as coisas que ele não faria. E isso é muito importante”, disse.

Joe Biden – American Gospel por Jon Meacham


As preferências de leitura do vice-presidente dos EUA, Joe Biden,  não recebem muita atenção, mas em sua página do Facebook o livro de Jon Meacham, que trata de como os valores espirituais e religiosos têm moldado as bases dos EUA, aparece como um dos seus favoritos.

George W. Bush – The Good Life and Its Discontents: The American Dream in the Age of Entitlement por Robert J. Samuelson


Embora  haja muito ceticismo sobre os hábitos de leitura  de  George W. Bush, ele tem consistentemente proclamado seu amor pela leitura. Ele refere-se a The Good Life and Its Discontents, um livro que analisa a psique norte-americana, como um de seus favoritos.

 

Fontes:
Flavorwire - 10 Contemporary Politicians’ Favorite Books

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. Gustavo disse:

    E o Lula?

  2. Renato disse:

    O Lula não lê amigo, ele prefere ver novela!!

  3. Beraldo Dabés Filho disse:

    Lula, Torneiro Mecânico de profissão, deve ter lá suas preferências literárias, provávelmente menos sofisticadas do que as dos que se auto-definem como intelectuais. Privilegiado pela natural e grande inteligência, tornou-se o maior Líder Sindicalista de Trabalhadores da América Latina, quiçá do Mundo. Hábil político veio a ser o melhor Presidente do Brasil. FHC ( O Capo), exemplo típico dos que se julgam intelectuais, é formado em Sociologia (que grande coisa!), também deve ter lá suas preferências literárias, provávelmente mais sofisticadas do que as do Povão Trabalhador em Geral (Torneiros Mecânicos, por exemplo). Poderoso Chefão da Privataria Tucana, comprou o instituto da reeleição, criou o “fator previdenciário” do INSS e deixou o Brasil quebrado em Dezembro de 2002. Sua última canetada foi para contrair empréstimo bilionário junto ao FMI, para pagar o 13º salário do funcionalismo público. Mineiramente, “pra quem sabe ler, um pingo é letra”.
    _________________________________________
    NÃO VOTE EM BRANCO! NÃO ANULE SEU VOTO!

  4. Dalton disse:

    E o Lula? Que falta de respeito. Vai dizer que Lula nao lê??

  5. Gustavo disse:

    Procurem na internet hahaha ele realmente falou que prefere ver novela hahauauauha

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *