Início » Cultura » Setembro Negro sequestrou atletas israelenses nas Olimpíadas de Munique
Nesta data

Setembro Negro sequestrou atletas israelenses nas Olimpíadas de Munique

Em 5 de setembro de 1972, atletas israelenses são mortos pelos terroristas do Setembro Negro na vila olímpica em Munique

Setembro Negro sequestrou atletas israelenses nas Olimpíadas de Munique
Um dos terroristas do Setembro Negro na sacada do apartamento de atletas israelenses (Reprodução/Internet)

O ataque do grupo terrorista islâmico Setembro Negro aconteceu na vila olímpica em Munique. Lá, seis integrantes – vestidos com agasalhos olímpicos e carregando sacolas cheias de armas – pularam a cerca, mudaram os disfarces utilizados e invadiram os apartamentos onde estavam hospedados 21 atletas e comissão técnica da delegação de Israel.

Apesar de haver segurança, os guardas não se importaram com a entrada dos terroristas pois era comum atletas pularem a cerca ao voltar das atividades. O ex-árbitro de lutas Yossef Gutfreund lutou para manter os militantes longe do quarto, salvando a vida de outro integrante israelense, Tuvia Sokolovsky.

Depois do ataque na vila olímpica, os integrantes do Setembro Negro – grupo de sobreviventes dos “dez terríveis dias de setembro”, no qual lutaram contra o governo da Jordânia por uma pátria palestina – mantiveram nove reféns sob custódia, exigindo a libertação de 234 prisioneiros árabes.

Tais exigências foram recusadas pelo governo alemão. Contudo, foi acordado que os terroristas levariam os reféns para o aeroporto de Furstenfeldbruck, onde haveria um avião para a fuga e uma emboscada preparada pelo governo alemão.

Porém a emboscada não foi bem realizada, o que provocou a morte de todos os reféns, além de três terroristas. Depois da chacina, o governo israelense promoveu uma retaliação aos ataques de Munique, matando 66 pessoas e ferindo dezenas na Síria e no Líbano.

Fontes:
OperaMundi-Setembro Negro sequestra atletas de Israel na Olimpíada de Munique

1 Opinião

  1. Roberto1776 disse:

    E no Brasil foi considerado crime caçar terroristas na década de 1970.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *