Início » Opinião » Biografias » Sigmund Freud, pai da psicanálise
Nesta Data

Sigmund Freud, pai da psicanálise

Em 23 de setembro de 1939, morreu Sigmund Freud, o pai da psicanálise

Sigmund Freud, pai da psicanálise
As ideias de Freud são motivo de controvérsia até hoje (Reprodução/Internet)

Sigmund Freud nasceu em 6 de maio de 1856, na Áustria. O famoso psicanalista começou a ter interesse pela área da histeria, praticando a hipnose como forma de tratamento. A psicanálise, a psicologia e a psiquiatria não existiriam hoje se não fosse por Freud.

As ideias de Freud o fizeram ser rejeitado por algumas pessoas em sua época e, até hoje, ainda são motivo de controvérsia. Em seu famoso livro “A Interpretação dos Sonhos”, Freud aponta que parte de seus problemas psicológicos se deviam a uma atração pela própria mãe. Esse tipo de declaração, que daria origem ao Complexo de Édipo, marginalizou Freud.

Atualmente, são feitas críticas ao método psicanalítico de Freud, uma das mais contundentes seria a de que a psicanálise não seria uma ciência, pois seu resultado não poderia ser comprovado por fatos. Freud morreu de câncer na boca, no dia 23 de setembro de 1939.

Fontes:
OperaMundi-Morre em Londres, Sigmund Freud, o criador da psicanálise

18 Opiniões

  1. Regina Caldas disse:

    A psicanalise certamente nao existiria se nao fosse Freud, mas quanto a psicologia e a psiquiatria, certamente são ciencias que viriam a tona. Oras, quem não questiona eventualmente a natureza da mente do ser humano?

  2. Barbara Praseres disse:

    Suas análises, teorias, todas tem significado e compreensão, foi um grande cientista da mente humana.

  3. olbe disse:

    Só faltou dizer que ele era judeu ! Se tivesse feito algo errado não seria austríaco mas JUDEU!!!

  4. camila disse:

    Eu não sou da epocá dele mas gostaria muito de ter conhecido ele era muito fera
    !!

  5. Ieda Dietrich disse:

    POIS TENHO QUASE CERTEZA ABSOLUTA QUE FREUD FOI MORTO PELOS NAZISTAS QUE CERTAMENTE O PRENDERAM… POIS ELE ERA JUDEU…E SE OBSERVAREM ESTE FILME QUE ENVIO O LINK, OBSERVEM NA METADE DESTE FILME VERÍDICO E SOMENTE LIBERADO HA POUCOS ANOS AO “MUNDO TODO” [POR MEIO ESPECIALMENTE DA INTERNET) O HOMEM QUE DESCE A ESCADA ERA FREUD…JUNTAMENTE COM VÁRIOS PRESOS POR NAZISTAS NA ÉPOCA. youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=79HC57EagRQ

  6. cesarious disse:

    que a sua vida e obra sirvam de exemplo para todos os governos e culturas que, de uma forma ou de outra, se achem donas da verdade.

  7. olbe disse:

    E ainda uma grande soma de dinheiro foi recebida pelos nazistas para deixar Freud partir. Ele perdeu tudo, a casa e suas economias..Seus livros foram queimados mas estavam a salvo pq ele os tinha enviado para fora do país.

  8. olbe disse:

    Freud foi quem iniciou a psicanálise! Podem criticar melhorar eu desdenhar mas tudo começou com suas teorias, ele as criou sozinho sem nenhuma base ou história anterior.
    Ele estava morrendo de câncer no palato na Austria quando o mundo todo pediu para que o salvassem do nazismo. Antes de deixa-lo partir, da Austria para Londres, os nazistas exigiram que ele escrevesse que não tinha sido molestado. Freud escrevi: “Não fui molestado. Recomendo!”

  9. Mauro Moreira disse:

    Sobre o estudo da Psicologia me parece pertinente a analogia que muitos autores fazem com os astros. No céu que nos cobre existem muitas estrelas, todas brilhantes. Mas devemos lembrar que elas diferem entre si. Pois algumas irradiam a própria luz e outras apenas refletem a luz das outras. Sente sentido, podemos afirmar que a vida e a obra de Sigmond Freud é como uma dessas estrelas que irradiam a própria luz. Dando vida e visibilidade a um incontável número de estrelas que apenas refletem essa luz.

  10. Mauro Moreira disse:

    Tenho formação acadêmica em Direito e Psicologia. Ambas as áreas de estudo são mais comumente encontradas no grupo das Ciências Humanas.
    A Psicologia em absoluto se resume única e exclusivamente à obra de Sigmond Freud. Mas a viva e a obra de Sigmond Freud é um importante objeto de estudo da Psicologia.
    A razão der ser disso é que ele representa uma das principais correntes teóricas que formam, nesta data, o conjunto teorias sobre o funcionamento da mente humana observada desde de os primeiros dias de vida até a eternidade.

  11. miguel disse:

    Foi gigantesco o passo dado por Freud. A Humanidade passou a lidar com a mente de forma a mais científica possível, em se tratando de algo que extrapola o paradigma científico.

    A mais importante descoberta que fiz, após anos se análise e terapias transpessoais, foi de uma obviedade constrangedora. Descobri que não tinha a menor consciência de meu… inconsciente.
    Assim é lidar com a própria mente. Ela nos surpeende e nos apaixonamos por desvendá-la.

    Os antigos praticantes de Yoga sabiam mais sobre a mente do toda nossa cultura ocidental.
    Eles tinham(e têm ainda) o conhecimento que só a experiência direta pode dar. Eles não são capazes, no entanto, de colocar em palavras o que experienciam. Quando o fazem, hoje, usam a terminologia criada por Freud e seus seguidores.

  12. Markut disse:

    Antes de tudo; “ostracizar” parece ser mais um modismo, coisa pouco natural e não decorrente de uma natural evolução da linguagem que é, sem dúvida, um organismo vivo.
    Quanto a Freud ele foi, sem dúvida,um precursor da maneira de perscrutar o íntimo da personalidade humana.
    Muita razão tem Raphael Gomes, quando lembra que a genialidade dele e o ambiente brilhante da cultura européia da época contribuiram para derrubar os procedimentos medievais de auscultação da mente humana.
    A rigor, a nossa cultura ocidental retomou o brilho do pensamento anterior ao obscurantismo da era medieval, pois os antigos pensadores e filósofos já vislumbravam a maneira de lidar com a mente sem , naturalmente, o rigor científico que Freud, com a sua cultura e intuição, complementou.

  13. Lais disse:

    P/CAROLINE: Correção do que?

  14. João Jarnaldo de Araújo disse:

    Freud deu o chute inicial, ampliando e na verdade se consagrando como o pai da Psicanálise. Sua maior contribuição foi a cartografia da Psique individual, com a ideia da vastidão das pulsões psíquicas inconscientizadas, as quais determinariam a depender de sua elaboração ou não a formação da personalidade do indivíduo e o consequente entendimento da gênese das ditas Psicopatologias
    Apesar de inúmeras outras teorias que se ocupam do desenvolvimento da personalidade, terem sobressaído, em detrimento da visão racionalista, simplista e ortodoxa do Psicanalista de Viena, como a Teoria do Inconsciente Coletivo de Carl Gustav Jung, A Abordagem de Ferenczi, que propunha uma análise de cima, através da análise corporal, a qual foi ampliada por Reich, com a orgonetarapia e mais recentemente por Alexander Lowem com a Bioenergética,Carl Rogers e tantos outros, até chegarmos na última e quarta força que seria a síntese de tudo o que a humanidade deixou como legado,unindo desde conhecimentos “primitivos”, da sabedoria antiga, dos Vedas, da Alquimia, Física Quântica, Medicina Ayurvédica, Medicina Chinesa, Religião comparada, filosofia, etnobotância, Xamanismo e diversos outros “fronts” do saber humano, quando se quer buscar a verdade da natureza e manifestação da alma humana, que como nominação, recebem o nome de Grito Holístico, Psicologia Transpessoal, Medicina Vibracional, dentre tantas outras nominações expressivas, só que a Psicanálise do mestre Freud,com a proposta dos Mecanismos de Defesa, da Transferênica e contratransferência,dentre tantos outros ousados ensinamentos, jamais perderão o seu conteudo e saber magnânimo, quando debruçamos em cima da verificação de como funciona a alma em seu caráter verdadeiro.

  15. Raphael Gomes disse:

    Querer que Freud estivesse certo sobre tudo o que disse é a mesma coisa que esperar de Newton que ele resolvesse todos os problemas da física. Freud foi o pioneiro, antes o que havia era uma neurologia pouco menos que medieval, ainda fazendo trepanações e julgando as personalidades pela frenologia. Devemos a ele o primeiro passo mais sério na tentativa de olhar pra nós mesmos.

  16. Da redação disse:

    Da redação
    A leitora tem toda razão. Cometemos o erro de confundir o local da morte de Freud com o de nascimento.

  17. Caroline disse:

    Uma pequena correção: Sigmund Freud não nasceu em Londres, ele nasceu em Freiberg, Morávia (hoje Příbor), quando esta pertencia ao Império Austríaco.Em 1938, já velho e com câncer, fugiu para a Inglaterra, onde morreu no ano seguinte em Londres, 23 de setembro de 1939.

  18. nádja disse:

    Sim, existe ainda muita controvérsia, principalmente por parte da medicina que é organicista.Eu só posso acrescenar que: Fiz uma breve análise de 18 meses e o resultado foi fantástico, melhorou minhas crises asmática e de reboque curei uma fobia terrível que me perceguia por toda uma vida. Viva FREud!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *