Início » Cultura » Artes Plásticas » Teto da Capela Sistina é exibido ao público pela primeira vez
NESTA DATA

Teto da Capela Sistina é exibido ao público pela primeira vez

Com quase 40 metros de largura, a obra é um dos afrescos mais famosos do mundo

Teto da Capela Sistina é exibido ao público pela primeira vez
Os nove painéis com grandes pinturas e cenas ressaltam quatro imagens bíblicas cronológicas (Foto: Wikimedia)

Em 1° de novembro de 1512, o teto da Capela Sistina, no Vaticano, era exibido pela primeira vez ao público. Este é um dos afrescos (técnica artística onde a pintura ocorre em tetos ou paredes) mais famosos do mundo, são quase 40 metros de largura.

O Papa Júlio II della Rovere pediu que Michelangelo Buonarrotti decorasse o teto do lugar. O artista do Renascimento italiano já tinha mostrado seu talento em esculturas como Pietà (1498) e Davi (1504). Mas ele se considerava mais escultor do que pintor e, por isso, relutou em aceitar. No entanto, o pontífice foi tão insistente que deixou Michelangelo sem escolha. O artista substituiu a decoração existente, de um céu simples cheio de estrelas, por uma criação com as principais cenas do Gênesis.

Os nove painéis com grandes pinturas e cenas ressaltam quatro imagens bíblicas cronológicas: A separação da luz e das trevas, A criação de Adão (provavelmente, a mais conhecida, em que Deus e Adão esticam os braços um em direção ao outro), O pecado original e a expulsão do Jardim do Éden e O dilúvio. A obra tem mais de 300 personagens e foi feita em 4 anos. O teto da Capela Sistina foi exposto no Dia de Todos os Santos em 1512.

A Capela Sistina é onde atualmente ocorre o conclave, o processo de escolha dos papas da Igreja Católica, no Vaticano.

 

Fontes:
Vatican Museums-Ceiling
History-Teto da Capela Sistina, de Michelangelo, é exibido ao público pela primeira vez
Universia-Conheça o teto da Capela Sistina, de Michelangelo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *