Início » Notícia » Confira 10 parques para se conhecer no Rio de Janeiro
Turismo

Confira 10 parques para se conhecer no Rio de Janeiro

Conheça alguns parques arborizados que são boas opções de lazer

Confira 10 parques para se conhecer no Rio de Janeiro
O Parque Lage que se localiza aos pés do Corcovado, no Jardim Botânico, é uma ótima opção de lazer (Reprodução/Internet)

O Rio de Janeiro tem um grande número de parques arborizados em que podem ser desfrutados momentos de lazer, calmaria e tranquilidade.  Confira a lista com 10 locais para conhecer e divirta-se.

1-Parque Lage: De fácil acesso, com segurança, bem conservado e com atrações para toda a família, o Parque Lage que se localiza aos pés do Corcovado, no Jardim Botânico, é uma ótima opção de lazer. Além das trilhas que podem chegar ao Corcovado, passando por cachoeiras e mirantes, o parque tem um belo palacete, onde funciona a Escola de Artes Visuais. Não deixe de passar lá.

Entrada gratuita

Endereço: Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico

Horário de funcionamento: Segunda a quinta, das 9h às 22:30h. Sexta a domingo, das 9h às 17:30h.

capa189

 

2-Parque da Cidade: Com 470 mil metros quadrados, o Parque da Cidade compõe uma grande área de proteção ambiental, junto à Floresta da Tijuca. Parte do território é ocupado por mata fechada, e o restante, por um amplo parque ajardinado a céu aberto. O lugar já abrigou a casa de verão do Marquês de São Vicente – José Antônio Pimenta Bueno, construída em 1809.  Com amplos gramados, parquinho para crianças e trilhas, também é uma ótima opção de lazer. No local tem uma cabine da Guarda Municipal que cuida do parque.

Entrada gratuita

Endereço: Estrada Santa Marinha, 505, Gávea

Horário de Funcionamento: Diariamente, 7h às 18h.

Parque_da_Gavea2

 

3-Jardim Botânico: Foi fundado em 1808 por Dom João VI com o objetivo de aclimatar as especiarias vindas da Índia. O Jardim Botânico conta com mais  de 6,500 espécies de plantas, algumas até ameaçadas de extinção, distribuídas em uma grande área de 54 hectares. O local é uma ótima opção para quem quer relaxar, estudar, passear, fazer um piquenique ou apenas curtir a natureza de perto no meio da correria da cidade grande.

Entrada: 7 reais (somente dinheiro)

Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico

Horário de Funcionamento: Segundas-feiras, das 12 às 17h, e de terça a domingo, das 8h às 17h, com prorrogação de uma hora para o fechamento das bilheterias no período de horário de verão

Aleia_Barbosa_Rodrigues,_no_Jardim_Botânico_do_Rio_de_Janeiro_-_Brasil

 

4- Parque da Catacumba: O parque da Catacumba fica na Lagoa e tem esse nome em virtude de um cemitério indígena que teria existido ali, mas do qual nunca se encontrou vestígio. Na década de 30 do século passado, com o crescimento desordenado da cidade, surgiram os primeiros casebres na encosta do morro. Era o começo da Favela da Catacumba, que chegou a ter 10 mil moradores. Nos anos 70 a comunidade foi removida e  teve início a criação do parque, reflorestado predominantemente com espécies da Mata Atlântica, seguindo projeto paisagístico que incluía um jardim de esculturas. Tem uma trilha de percurso fácil e seguro que em 30 minutos leva aos Mirantes da Sacopã e ao Morro do Urubu. Há também arvorismo e tirolesa, muro de escalada e rapel, com preços que variam de R$ 20 a R$ 40,00 oferecido por uma empresa local.

Entrada gratuita

Endereço: Avenida Epitácio Pessoa, 3000 – Lagoa

Horário: Terça a Domingo, das 8h às 17h ( O parque fecha as 18h no horário de verão)

img_7866

 

5- Bosque da Barra: Entre palmeiras, lago e vegetação de restinga, o parque forma um cenário bucólico, fazendo um convite ao relaxamento no centro da Barra da Tijuca. Com 50 hectares, o parque foi criado visando a preservação ambiental , especialmente da vegetação de restinga, da paisagem natural e da fauna local. As alamedas arborizadas são ótimas para corridas e caminhadas. As grande áreas gramadas são ideais para fazer piqueniques e praticar atividades recreativas. O bosque dispõe também de estacionamento, brinquedos e equipamentos de ginástica.

Entrada gratuita

Endereço: Avenida das Américas, 2430 – Barra da Tijuca

Horário de Funcionamento: Terça a domingo, 8h às 17h

bosque

6-Parque Chico Mendes: O parque foi criado com o objetivo de preservar a Lagoinha das Tachas e seu entorno, local de ocorrência de espécies de fauna e flora consideradas raras e ameaçadas de extinção. A área do parque é de 40 hectares, onde o visitante têm acesso a quase cinco quilômetros de trilhas, espaço para lazer e educação ambiental.

Entrada gratuita

Endereço: Avenida Jarbas de Carvalho, 679, no Pontal de Sernambetiba

Horário de Funcionamento: Terça a domingo de 8h às 17h

 

ParqueChicoMendes4

7- Sítio Burle Max: O sítio de 807 mil metros quadrados, que é aberto ao público, foi residência particular de Burle Marx, de 1973 até 1994. O espaço conta com diversas espécies da flora brasileira, cerca de 3,5 mil exemplares cultivados. Além da parte botânica, o visitante conhece a arquitetura, o atelier de pintura, o salão de pedras e as coleções de plantas do paisagista.

Entrada gratuita

Endereço: Estrada Roberto Burle Marx 2.019 – antiga Estrada da Barra de Guaratiba, Barra de Guaratiba

Horário de Funcionamento: Terça a sábado, exceto feriados, das 9h30 às 11h30, e das 13h30 às 15h30. As visitas são guiadas e tem duração de uma hora e meia. Agendamento pelo telefone  (21) 2410-1412
dsc_0011

 

8- Parque Penhasco Dois Irmãos:  O parque de quase 40 hectares, colado à comunidade pacificada Chácara do Céu, tem um mirante com vista para as praias de Ipanema e Leblon. E, em outros pontos, dá para ver o Cristo, a Lagoa e até São Conrado. A preservação da mata permite avistar micos, pássaros, cobras e lagartos. O parque também abriga obras de arte, como uma escultura de Niemeyer e oferece quadra de esportes, áreas de recreação e trilhas ecológicas. Há uma guarita da Guarda Municipal no parque, mas as trilhas requerem cuidado.

Entrada gratuita

Endereço: Rua Aperana , Leblon ( A subida para chegar ao local é íngreme)

Horário de Funcionamento:  Diariamente, de 8h às 18h

P9230174

 

9- Parque Eduardo Guinle: O parque localizado no fim da Rua Gago Coutinho, em Laranjeiras, tem entrada por um belo portão que dá acesso a uma área de 24.750 m² onde se vê um pequeno lago, alamedas, gramados, árvores e plantas tropicais.  O local é ótimo para passeios em família e piqueniques.

Entrada gratuita

Endereço: Rua Gago Coutinho, 66 – Laranjeiras

Horário de Funcionamento: Aberto 24hrs

EDUARDO GUINLE

 

10- Quinta da Boa Vista:  São 155 mil metros quadrados de área verde, onde os visitantes podem andar em pedalinhos e caiaques no lago, ou até mesmo praticar esportes como futebol, corrida, ciclismo, ou até mesmo caminhadas. As cavernas são uma atração à parte. Dentro das grutas artificiais, que lembram um covil de piratas, pode-se conferir diferentes tipos de estalactites. O visitante também tem a opção de ir ao zoológico ou ao Museu Nacional.

Entrada: Zoológico – R$6/ Museu Nacional R$ 6

Endereço: Avenida Pedro II, s/n – São Cristóvão

Horário de Funcionamento: Zoologico – Terça a Domingo, de 9hs as 16:30/ Museu Nacional – Terça a Domingo- 10h as 18h

 

Quinta da Boa Vista

6 Opiniões

  1. Diego Veloso disse:

    Lindos mais é uma pena q o Rio tenha parques tão pequenos e mal distribuídos. Brasília é uma cidade-parque e ainda conta com o maior parque urbano do mundo e tem muitos otro espalhados… amei conhecer os de lá, aqui em Fortaleza n tem nenhum =(

  2. carlos disse:

    Sim Recife, … é verdade recif …. Onde fica re, o que era mesmo?

  3. Sueny Martins disse:

    Esse cara de Recife está com inveja do Rio de Janeiro. Recife é tão violento quanto o Rio e menos bonito.

  4. Áureo Ramos de Souza disse:

    Acredito que aqui em Recife tenhamos muito mais a ser mostrados e com muito mais segurança

  5. João disse:

    Gostei. Mas não haveria mal nenhum em dar umas dicas práticas, como por exemplo com relação à favela na entrada do Parque da Cidade, estacionamento sempre lotado do Jardim Botânico, etc.

  6. Maria Leite disse:

    Essas matérias sobre turismo estão muito legais, parabéns Opinião e Notícia. Uma dica de uma próxima pauta é fazer sobre espaços culturais do RJ

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *