Início » Cultura » Turismo » O Brasil descobre Lisboa
Turismo

O Brasil descobre Lisboa

No ano passado, 585 mil turistas brasileiros desembarcaram em Portugal, a maioria para conhecer Lisboa. O número deve aumentar em 2010

O Brasil descobre Lisboa
Entre os brasileiros que vão para Portugal, 60% rumam para Lisboa

A Associação dos Consumidores Europeus, entidade independente com sede em Bruxelas, na Bélgica, elegeu Lisboa, entre dez cidades da Europa indicadas, o melhor destino turístico do continente em 2010. Os brasileiros parecem já ter descoberto isso. No ranking dos países que mais mandam turistas para Portugal, o Brasil está em segundo lugar, ficando atrás apenas da Espanha, vizinha ibérica dos patrícios.

Para se ter uma ideia, em maio deste ano de 2010 os gastos de turistas brasileiros em território português aumentaram 83,6% em relação a maio de 2009. É o Brasil fazendo as malas para descobrir Portugal. Lisboa em particular, já que entre os brasileiros que atravessam o Atlântico para passear nesta pontinha da Europa – foram 585 mil em 2009 – 60% rumam para a capital portuguesa, que é também a capital do fado, dos doces e da história que temos em comum.

O ponto turístico predileto dos brasileiros que visitam Lisboa é o Oceanário, imenso aquário -museu que fica no Parque das Nações, onde estão também a Torre Vasco da Gama, edifício mais alto da cidade, e um teleférico com vista panorâmica para o rio Tejo. Tanto o Oceanário quanto o Parque das Nações foram inaugurados em 1998 por ocasião da última exposição mundial do século XX, a Expo-Lisboa. É a parte mais moderna da capital portuguesa, muito, muito diferente do outro lado da cidade.

Lisboa de praça em praça

A arquitetura contemporânea do Parque das Nações contrasta com as construções pombalinas da Baixa lisboeta (o centro da cidade) e os casarios antigos do Bairro Alto e do Chiado. Esta região é o coração de Lisboa, da sua vida noturna, epicentro das suas atividades culturais, concentração do seu patrimônio histórico e da sua gastronomia.

É na Baixa, no Bairro Alto e no Chiado que Lisboa é mais Lisboa. Um modo prático para conhecer a região é caminhar de praça em praça. Comece pela praça da Figueira, idealizada pelo Marques de Pombal para ser o principal mercado da cidade, onde hoje jovens skatistas fazem acrobacias aos pés da imponente estátua de bronze de Dom João I, o primeiro rei da Dinastia de Avis. Bem ao lado fica a praça do Rossio, rodeada de cafés, doçarias e lojas de souvenires. No lado norte da praça fica o Teatro Nacional, encimado pela estátua de Gil Vicente, pai da dramaturgia portuguesa. À direita do teatro está a rua das Portas de Santo Antão, com seus vários restaurantes de frutos do mar.

Rua das Portas de Santo Antão

Do Rossio, faça a caminhada entre a Baixa e o Bairro Alto, subindo a Rua do Carmo e dobrando à direita na rua Garrett, bem em frente aos Armazéns do Chiado, e siga em direção à praça Luis de Camões, onde fica o belo prédio da embaixada brasileira. À direita da praça fica o emaranhado de ruelas do Bairro Alto, com um sem número de bares e restaurantes. Ali, na rua do Diário de Notícias, fica a Tasca do Chico, casa do fado vadio lisboeta. É de graça, porque o “fado de raiz” que se toca ali entre uma garfada e outra no chouriço assado não tem preço. Preste atenção nas broncas que o maître dá em quem se atreve a fazer barulho enquanto a guitarra portuguesa chora.

Da Alfama a Belém

Vista de Lisboa do Castelo de São Jorge

Na rua Garrett, tire uma foto com a estátua de Fernando Pessoa no café A Brasileira, ou entre na rua Nova da Trindade e conheça a Cervejaria Trindade, a mais antiga de Portugal, instalada no salão de um convento do século XIII. Ali perto estão as ruínas da Igreja do Carmo, uma das poucas estruturas que restaram do grande terremoto de 1755, que destruiu a cidade. Dali mesmo da praça Camões tome um “eléctrico” (bonde) para um passeio pelas ruas da Alfama, nas colinas do outro lado da Baixa. Lá, os pontos turísticos imperdíveis são o Castelo de São Jorge, o mirante de São Vicente e a Sé de Lisboa. Aos sábados acontece em Alfama a Feira da Ladra, o mais famoso mercado de pulgas de Lisboa e um dos mais antigos da Europa.

Passeio de bonde

Desça até a Praça do Comércio, ou Terreiro do Paço, e tome outro “eléctrico”, desta vez para o bairro de Belém, onde é obrigatório visitar o Padrão dos Descobrimentos, um impressionante monumento aos navegantes portugueses encomendado por Salazar e erguido à beira do Tejo. Também à beira do Tejo, pertinho do Padrão, fica a Torre de Belém, fortaleza construída no início do século XVI e que serviu de prisão até o século XIX.

A Torre Belém é patrimônio mundial da Unesco junto com o vizinho Mosteiro dos Jerônimos, joia da arquitetura manuelina onde estão os túmulos de heróis portugueses como Vasco da Gama e Luis Vaz de Camões. Mas há quem diga que a maior atração de Belém são os pastéis que levam o nome do bairro lisboeta. Só ali, na pastelaria de Belém, pode-se encontrar os legítimos Pastéis de Belém, feitos artesanalmente na “Oficina do Segredo” pelos mestres pasteleiros que guardam a receita a sete chaves. O resto, lá ou aqui, é pastel de nata.

Padrão dos Descobrimentos

Albergues e pensões lisboetas

Em Lisboa, os hostels são bem diferentes dos albergues que conhecemos por aqui, e são uma ótima alternativa para hospedagem de qualidade com preços mais convidativos. Segundo o site Hostelworld.com, a capital portuguesa tem nada menos do que os três melhores hostels do mundo, e ao todo cinco na lista dos dez mais. O campeão é o Travellers House, que fica em um prédio de 250 anos no coração da Baixa Lisboeta. Outra opção de hospedagem em Lisboa são as muitas pensões da cidade, que também são muito diferentes do que se entende por pensão no Brasil. Um bom exemplo é a Pérola da Baixa, que fica bem ao lado do elevador da Glória, pertinho do Rossio.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

7 Opiniões

  1. renato.rvasco@gmail.com disse:

    Pelo que está se avizinhando para nós brasileiros, com uma versão mais dura da nossa ópera bufa, acho que vou comprar um imóvel em Lisboa para passar umas férias bem prolongadas…

  2. Fernando Marne/fernandomarne@yahoo.com.br disse:

    Portugal, sempre Portugal, sinceramente gostaria de conhece-lo.
    Quem sabe um dias desses!!!!!!!!!!!

    “”Lisboa velha cidade,
    Cheia de encanto e beleza………..”

    Magnifica canção !!!!!!!!!!!

  3. Eleutério Sousaa disse:

    Portugal assim como o Brasil deveriam ter melhores governos…mas os nossos dois povos são fortes e superaremos esses impecilhos.

  4. João Cirino Gomes disse:

    Por falar em Turismo e viagens internacionais:
    Creio que mídia brasileira deveria avaliar e divulgar estas informações que estão me intrigando e deixara muitos intrigados!

    Essa é para o Direito Internacional resolver.

    Pensa que é só o Gabeira ?
    PERGUNTA É A SEGUINTE:

    No caso da Srª Dilma ser eleita Presidente do Brasil, quem será a pessoa que irá aos Estados Unidos para a fala habitual na Assembléia Geral da ONU, ou para discutir com o presidente americano sobre questões de comércio, por exemplo?

    Resp.: A Presidente não irá, com 100% de certeza.

    Então, repete-se a pergunta: Quem irá aos Estados Unidos no lugar dela?

    Bem, você deve estar intrigado com esta pergunta meio sem sentido, não é?

    Aqui vai a explicação:

    Dilma Roussef foi condenada nos Estados Unidos pelo seqüestro do embaixador norte-americano, na década de 60 (Charles Elbrick) remember ?
    Juntamente com outras pessoas, tais como; Fernando Gabeira.

    A pena é bem grande e não há como pensar em liberdade condicional.
    Lá o crime não prescreve !

    A questão secundária é que isto vale para outros 11 países.

    Muitos governantes de países periféricos já foram apanhados nesta armadilha e a maioria perdeu o cargo que ocupava, para satisfação da oposição local.
    Portanto, pare de imaginar que é implicância quando coloca-se na Internet a folha corrida policial desta senhora, cheia de crimes. Esqueça estes documentos e (se for o seu caso) continue com a sua fé inabalável nas qualidades desta mulher, legítima porta-voz do Sr. Lula da Silva.

    Mas……. se eu fosse você, começava a me preocupar com esta possibilidade. Já pensou se ela resolve fazer uma visitinha àquele cara simpático e ultra democrático da Venezuela, o Huguinho Chávez e, de repente, uma tempestade no Caribe obriga o avião a descer em Miami, que fica ali perto.
    Imagine a encrenca monumental que nem o presidente americano vai poder desfazer?

    Bem… talvez você seja um sábio e tenha uma boa idéia para resolver a situação. Por isto volto a perguntar:

    Quem vai representar o Brasil nas viagens internacionais aos Estados Unidos e aos 11 países onde ela pode ser presa no próprio aeroporto onde desembarcar?

    TENHO CERTEZA ABSOLUTA QUE ESTA, VOCE DESCONHECIA !
    P.S. – Só fico intrigado com uma coisa !
    PORQUE A IMPRENSA NÃO DIVULGA ISSO PARA TODOS OS BRASILEIROS.

  5. Mônica disse:

    Nossa!!!! Que saudades de Portugal, Lisboa, Porto, tudo em fim. Portugal fica entranhado no nosso coração. Fiz uma linda e inesquecivél viagem a Portugal, com minha mãe. que foi uma senhora companheira de viagem. Volto, com toda a certeza voltarei.

  6. Mônica disse:

    Prezado Sr João Ciniro Gomes, em relação a sua pergunta e comentário sobre a Srª Dilma, acho que poucos não sabem, pois isso corre a Internet por e-mail o tempo todo, acontece que cada um com seu cada um, que eu o sr. e outros tantos não vão cotar nela tudo bem, mas acho que esse espaço deveria ser só para comentar sobre a matéria. poderiamos fazer uma sugestão aqui para esse seu comentário, acho que seria mais pertinente. fica zangado não, tá!!!

  7. helo, Rio de janeiro disse:

    Portugal tão belo e tão próximo de nós. Quando a Dilma esteve lá fez uma enorme gafe. Um reporter se dirigiu a ela para fazer uma pergunta e o portugues que a acompanhava perguntou: “O sr. é jornalista brasileiro ou argentino?” Dilma comentou: “Só um português para não saber a diferença entre um brasileiro e um argentino”. A imprensa portuguesa ficou ofendida. E eu também.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *