Início » Economia » A constante valorização das moedas virtuais
ECONOMIA VIRTUAL

A constante valorização das moedas virtuais

No início de 2017, o mercado do bitcoin e das altcoins atingiu um valor recorde de bilhões de dólares

A constante valorização das moedas virtuais
A capacidade limitada do sistema também aumentou a demanda por criptomoedas (Foto: Pixabay)

É difícil prever quando as bolhas vão estourar, sobretudo quando são interligadas. Mas o fato de o valor de mercado das criptomoedas ter triplicado desde o início do ano atingindo mais de US$60 bilhões, um dos maiores aumentos de ativos nos últimos anos, causa preocupação.

Bitcoin é a mais conhecida dessas moedas digitais criptografadas, em especial depois que os hackers que atacaram as redes de computadores no mundo inteiro com o ransomware WannaCry exigiram o pagamento de resgates em bitcoins. Não que exista uma grande quantidade de bitcoins em circulação no mercado. Há cerca de 16,3 milhões, mas só 1.800 novas moedas são mineradas todos os dias. Porém, a demanda crescente elevou o preço do bitcoin a aproximadamente US$ 1,830, um valor muito acima dos US$450 do ano anterior.

As casas de câmbio que fazem a conversão de bitcoins ainda enfrentam dificuldades. No início deste ano, a Bitfinex, a maior casa de câmbio baseada em dólar do mundo, conhecida na comunidade de usuários da moeda digital por ter grandes reservas de liquidez para conversão, não pôde fazer transferências bancárias devido a uma disputa entre os bancos e as instituições financeiras com as quais trabalha. No entanto, segundo Mike Komaransky da Cumberland Mining, uma plataforma de compra e venda de bitcoins, o mercado está mais estável e os investidores institucionais, empresas familiares e fundos de hedge têm feito mais transações com as criptomoedas.

A capacidade limitada do sistema também aumentou a demanda por criptomoedas. Seus desenvolvedores têm tentado há anos expandir o sistema, que só permite fazer sete transações por segundo, em comparação com milhares de transações em pagamentos convencionais. Nos últimos anos, surgiram muitas altcoins diferentes no mercado. O site CoinMarketCap tem uma relação de mais de 800 altcoins, como ArcticCoin, ZCoin, Ripple, cujo valor de mercado de US$2 bilhões no início de maio subiu para mais de US$13 bilhões, e a Ethereum que viu seu valor de mercado aumentar de US$700 milhões em janeiro para US$8,6 bilhões.

Segundo Erik Voorhees, fundador da plataforma ShapeShift, o número de transações entre criptomoedas atingiu o valor de US$2 bilhões em média por dia. Mas apesar da facilidade da compra de criptomoedas, a venda de grandes quantidades pode ser difícil, como já aconteceu com algumas casas de câmbio. Por sua vez, os aumentos de preço mostraram que o bitcoin, embora ainda seja a principal moeda virtual do blockchain, agora representa menos da metade da capitalização de mercado de todas as criptomoedas combinadas.

Fontes:
The Economist-A surge in the value of crypto-currencies provokes alarm

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. laercio disse:

    Bitcoins é mais um exemplo de como se criar algo aparentemente do nada!
    O Brasil deve seguir este exemplo como nação, mas para tanto precisa aplicar uma nova prática de vida a ser exercida pelo seu povo. Atualmente a população vive um constante estresses devido a inúmeros problemas, desde quando acordamos até a hora de tentar dormir: transporte de má qualidade, péssimos salários e condições de trabalho, crimes, etc.. São agravantes que fazem com que não haja o despertar criativo da população! As autoridades criaram e mantém esse sistema de vida social do tipo inferno, no qual as pessoas são impedidas de serem empreendedoras, muitas que tentam acabam individadas!
    Desta forma o Brasil nada contra a maré mas precisamos de um ambiente social mais tranquilo para poder chegar aonde estão os países desenvolvidos.
    O ambiente social tem que ser algo mais favorável ou ficaremos para trás.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *