Início » Economia » A Grã-Bretanha após Margaret Thatcher
Economia britânica

A Grã-Bretanha após Margaret Thatcher

Indicadores mostram que ex-primeira-ministra colocou a economia britânica em um novo rumo

A Grã-Bretanha após Margaret Thatcher
A era Thatcher foi um divisor de águas para a economia britânica (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O histórico de Margaret Thatcher no seu cargo foi atribulado. A economia sofreu um abalo excruciante no início dos anos 80 quando tanto as taxas de juros quanto a taxa de câmbio aumentaram rapidamente. A inflação era de 10% quando ela se tornou primeira-ministra e de 10% quando ela deixou o cargo. O número de desempregados saltou para um recorde do pós-guerra: foi superior a 3 milhões em 1986. Apesar desses reveses, a renda familiar começou a subir substancialmente após a recessão do início dos anos 80. Os gastos do governo foram reduzindo a um patamar inferior a 40% do PIB e déficit orçamentário foi controlado.

Acima de tudo, Thatcher colocou a economia britânica em um novo rumo, longe do controle estatal e na direção de uma disciplina de mercado que pavimentou o caminho para a estabilidade dos preços e reverteu o relativo declínio (em comparação a países como França e Alemanha) que havia sido tão desmoralizante nos anos 60 e 70.

 


 

Fontes:
The Economist-Thatcher's Britain

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Andre Luiz D. Queiroz disse:

    Ou seja: o liberalismo que Tatcher apregoava foi um remédio amargo, mas necessário. E que teve efeitos colaterais. Imagino que tenha sido o aumento da taxa de desemprego o que minou a aceitação de suas medidas econômicas e, consequentemente, seu apoio político, o que culminou por lhe custar o cargo de primeira-ministra.

  2. áureo Ramos de souza disse:

    Uma coisa que me deixou bastante atento : as baixas do governo caiu a um patamar de 40%, é isto que está faltando no Brasil o governo baixar seus gastos e por fora todos os que roubaram mesmo sendo do mesmo partido, então teremos um país sério e poderemos dizer PAÍS RICO É PAÍS SEM POBREZA E o Sr. CARÁTER reaparecerá e viveremos felizes. Assim foi dito e assim será escrito.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *