Início » Economia » A guerra dos preços das passagens de avião em companhias europeias
ECONOMIA

A guerra dos preços das passagens de avião em companhias europeias

A queda do preço do combustível vai logo ser repassada para os passageiros

A guerra dos preços das passagens de avião em companhias europeias
Ambas as companhias dizem que o sucesso é proveniente de fazer com que seus voos se tornem mais atrativos para os homens de negócio (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Em 2013, as duas maiores companhias aéreas europeias de baixo custo, Ryanair e easyJet, estavam tendo um ano terrível. Os executivos da easyJet estavam batalhando com seu fundador e maior acionista, Stelios Haji-Ioannou, sobre a estratégia da empresa. A Ryanair, por sua vez, emitiu dois avisos que não iam alcançar suas metas. Três anos depois, os cenários parecem bem melhores. Espera-se que as duas companhias apresentem bons resultados entre outubro e dezembro.

Ambas as companhias dizem que o sucesso é proveniente de fazer com que seus voos se tornem mais atrativos para os homens de negócio. Elas usaram estratégias para tornar os voos mais confortáveis e flexíveis para quem viaja a negócios. A EasyJet, por exemplo, está batalhando para aumentar o número de viajantes executivos, só que os números de passageiros está aumentando mais devido a queda do preço do combustível.

Logo, tanto para essa duas companhias quanto para as rivais, o mercado europeu vai estar tão competitivo que os lucros vão ser concorridos.

Fontes:
The Economist-Don’t get carried away

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *