Início » Economia » A onda dos carros subcompactos
Setor automotivo

A onda dos carros subcompactos

Eles também estão ganhando terreno nos EUA, onde tradicionalmente os consumidores preferem carros grandes

A onda dos carros subcompactos
Smart, da Mercedes (Fonte: Divulgação)

A Fiat vai produzir um novo e pequeno carro para substituir o Mille — no mercado há mais de 20 anos — em sua recém-anunciada fábrica de Pernambuco. A Volkswagen também já adiantou que irá produzir um carro de miniplataforma para o mercado brasileiro.

As duas maiores fabricantes de carros que operam no Brasil já definiram, assim, o seu mais novo campo de batalha: o segmento de subcompactos. Marcas chinesas e coreanas também terão produção local de carros deste tipo.

GM lançará o Sonic nos EUA

Os carros subcompactos também estão ganhando terreno nos EUA, onde tradicionalmente os consumidores preferem carros grandes. Fabricantes como a Toyota e a própria Fiat estão apresentando no salão de Detroit modelos com capacidade para levar três ou quatro pessoas.

A BMW e a Mercedes estão apresentando as novas gerações do Mini e do Smart, respectivamente, e a General Motors começa a vender no fim do ano o seu menor carro do mercado norte-americano, o Sonic, que não obstante é capaz de acomodar cinco pessoas.

Leia mais:

Abastecer com etanol é mais vantajoso?

Tesla Motors surge como grande promessa no ramo de carros elétricos

Vendas de carros continuarão baixas em 2011

Fontes:
Estadão - Automóveis compactos voltam ao foco das grandes montadoras

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. jaderdavila the small shareholder disse:

    a romiseta estacionava de frente, de lado, de costas, de cabeça pra baixo, de qualquer jeito.
    motorzinho fraquinho pra pegar engarrafamento em sao paulo.
    a porta abria pela frente, era facinho entrar e sair.
    tinha teto solar.
    o povo apelidou de ‘sutian’: só cabe dois.
    quinze km com um litrinho.
    povo reclamava que capotava facil, mas romiseta nao foi feita pra correr.
    a bmw anda revendo essa ideia.

  2. Markut disse:

    Em tudo e por tudo, chegou a hora de o gosto do público americano por carros descomunais se acostumar por mais racionalidade, em consumo e manobrabilidade.
    Carro popularizado deixa de ser demonstração de status e passa a ser, predominantemente, instrumento de trabalho, ou de lazer. “Altri tempi”

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *