Início » Economia » A recuperação econômica da Espanha
Economia espanhola

A recuperação econômica da Espanha

Uma recuperação surpreendentemente forte, impulsionada em grande parte pelas exportações

A recuperação econômica da Espanha
Mariano Rajoy parece surpreso pelo ritmo de recuperação da Espanha (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Espanha está, como sempre, em transição. Com o fim de recessão e a criação de novos empregos, o país está se recuperando de uma longa ressaca causada por sua festa impulsionada por uma bolha.  Até mesmo Mariano Rajoy, o primeiro-ministro de centro-direita, parece surpreso pelo ritmo de recuperação. O governo não esperava que a demanda interna ou o crédito para empresas pequenas e consumidores se recuperasse tão rapidamente.

O crescimento já está impulsionando o emprego, abrindo o caminho para um círculo virtuoso de aumento de demanda e criação de mais empregos. As previsões de crescimento para o próximo ano estão sendo revisadas para cima, algumas para mais de 2%.  Os investidores chegaram com força, na esperança de que em breve será hora de comemorar novamente. A vida ficará melhor para pequenos negócios sedentos por crédito após o Banco Central Europeu ter anunciado US$ 544 bilhões de empréstimos baratos para bancos da zona do euro que emprestam mais a empresas.

O governo está prometendo pequenos cortes de impostos, mas permanece longe de reformas fiscais ambiciosas em um momento em que tenta recuperar a popularidade antes das eleições do ano que vem. O governo arrochou a meta de déficit orçamentário de 5,8% do PIB para 5,5%.

Fontes:
The Economist-Bouncing back

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *