Início » Economia » A volta da CPMF
Imposto

A volta da CPMF

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Deve ser votada no Congresso esta semana uma emenda que prevê o aumento de R$ 10 bilhões no orçamento destinado à saúde. O governo alega que não tem de onde tirar esses recursos. Seus aliados no Congresso acenam com a possibilidade de voltarem com a CPMF, que seria a única opção capaz de impedir o veto ao projeto.

De acordo com dados da Organização das Nações Unidas, o Brasil gasta em saúde US$ 782 dólares anuais por habitante, mais que muitos países emergentes. Solução melhor seria aplicar estes recursos corretamente.

A proposta surgiu no Congresso no mesmo dia em que a Receita Federal anunciou que a arrecadação nos primeiros quatro meses de 2008 atingiu novo recorde. Mesmo sem a CPMF, foram R$ 31 bilhões a mais que no mesmo período de 2007.

Segundo a Veja, a volta da CPMF é uma desfaçatez que deveria gerar uma revolta popular.

Fontes:
Veja - Imposto sem pai

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Henrique disse:

    Basta acabar com a baderna, o assistencialismo deslavado, a corrupção institucional e colocar gente COMPETENTE E HONESTA para gerir não só as instituições do país mas também as contas públicas que o Brasil se tornará uma super-potência em 10 anos. Voltar com a CPMF (com toda esta arrecadação da União) é comprovar que o país não tem gerência!! Brincar com o dinheiro da nação e colocar a conta no bolso do contribuinte é fácil!! O Brasil pede SOCORRO !

  2. ednon marques de oliveira disse:

    A VOLTA DA CPMF. É IMPRESINDIVEL.PARA A VOLTA DA CONFIANÇA NO PAÍS, E TRAZER CONSEQUENTEMENTE UMA MAOR E JUSTA DISTRIBUIÇÃO DE RENDA NO BRASIL.

  3. CRISTINA SANTANA disse:

    TANTOS IMPOSTOS, NÃO FAZEM NADA , VAI VOLTAR MAIS UM PARA QUE?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *