Início » Economia » Arcelor Mittal e Vale sofrem baixas contábeis de R$ 8,5 bilhões
Negócios

Arcelor Mittal e Vale sofrem baixas contábeis de R$ 8,5 bilhões

Prejuízo deve levar o resultado de duas das maiores empresas do ramo de ferro e aço do mundo para o vermelho no quarto trimestre

Arcelor Mittal e Vale sofrem baixas contábeis de R$ 8,5 bilhões
Problemas de infraestrutura e baixa demanda na Europa são causas do prejuízo (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A ArcelorMittal e a Vale, duas das maiores empresas do ramo de ferro e aço do mundo, foram forçadas a realizar baixas contábeis somando um total de US $ 8,5 bilhões no balanço do quarto trimestre, em meio a fracas condições econômicas na Europa e problemas de infraestrutura no Brasil.

Leia também: ArcelorMittal: presidente francês ameaça estatizar a siderúrgica
Leia também: Companhia Siderúrgica do Atlântico ameaça desligar alto-forno
Leia também: Empresas que mais contribuem para o PIB de seus países
Leia também: Recessão fecha usinas na França

A ArcelorMittal, maior siderúrgica do mundo em vendas, anunciou nesta sexta-feira, 21, que apresentou uma depreciação de seus ativos intangíveis (goodwill) de cerca de US $ 4,3 bilhões. Já  a brasileira Vale, uma das maiores empresas de mineração, anunciou na quinta-feira, 20, que sofreria um prejuízo de $ 4,2 bilhões em baixas contábeis relacionadas a suas operações de níquel no Brasil e ativos de alumínio na Europa.

A Vale explicou que o prejuízo reflete o “atual ambiente de mercado de níquel” e a necessidade de reconstruir um forno e uma planta de processamento em sua mina de Onça Puma, no Pará.

A ArcelorMittal, do indiano Lakshmi Mittal, atribuiu seu prejuízo no quarto trimestre ao ambiente de mercado macroeconômico mais fraco na Europa. A demanda por aço no continente caiu 8% somente este ano. Desde 2007, a demanda caiu 29%.

“Esse ambiente de demanda mais fraca, e as expectativas de que isso irá persistir no curto e médio prazo, levou a uma revisão para baixo das expectativas de fluxo de caixa”, disse a ArcelorMittal, que vende metade da sua produção total de aço na Europa.

Nos primeiros nove meses deste ano, as principais plantas europeias da ArcelorMittal apresentaram um prejuízo operacional acumulado de US $ 823 milhões.

 

Fontes:
Financial Times - ArcelorMittal and Vale write off $8.5bn

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *