Início » Economia » Aumento do salário mínimo elevará gastos do INSS em R$ 40 bilhões
Economia

Aumento do salário mínimo elevará gastos do INSS em R$ 40 bilhões

Ajuste do salário mínimo, de R$ 788 para R$ 867, influenciará no valor das pensões pagas pelos INSS, aumentando os gastos previdenciários

Aumento do salário mínimo elevará gastos do INSS em R$ 40 bilhões
Gasto total do INSS deve chegar a R$ 488,5 bilhões em 2016 (Foto: Wikimedia)

A despesa previdenciária aumentará significativamente em 2016. O ajuste do salário mínimo de R$ 788 para R$ 867 influenciará no valor das pensões pagas pelos INSS, aumentando em R$ 40 bilhões os gastos da Previdência. Aproximadamente 70% das aposentadorias pagas pelo instituto são de até um salário mínimo.

A despesa total em 2015 gira em torno de R$ 438,9 bilhões e em 2016 deve subir para R$ 488,5, de acordo com o cálculo da consultoria Tendências.

O valor do mínimo de cada ano é calculado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e no desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Até o mês de julho, o INPC acumulou em 7,42%. A projeção é de que até o fim do ano termine em 9%. Somado ao crescimento do PIB de 0,1% em 2014, a tendência é que o salário suba de R$ 788 para R$ 867 em 2016.

Segundo a consultoria Tendências, o crescimento real da despesa previdenciária deverá ser de 5,6%, 0,2% a mais do que a inflação de 5,4% em 2016.

Fontes:
Estadão-Reajuste do salário mínimo elevará em R$ 40 bi gasto da Previdência em 2016

1 Opinião

  1. Rene Luiz Hirschmann disse:

    O povo que paga impostos deve temer muito o Rei e os amigos do Rei, com certeza os três poderes terão aumentos que não impactam as despesas do INSS, seus picaretas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *