Início » Economia » Banco Central quer frear queda do dólar
Economia

Banco Central quer frear queda do dólar

Os bancos vão ter três meses para se adequar à nova regra. Neste período, espera-se que as instituições demandem mais US$ 7 bilhões

Banco Central quer frear queda do dólar
A cotação do dólar chegou na casa de R$ 1,65 esta semana (Fonte: Veja)

O Banco Central anunciou, nesta quinta-feira, 6, uma medida para frear a venda de dólares pelos bancos. Trata-se de um compulsório de 60% das posições de câmbio que os bancos mantêm em dólares, sempre que superarem os US$ 3 bilhões e o valor patrimonial de referência da instituição.

De acordo com o diretor de Política Monetária do BC, Aldo Mendes, a expectativa é de que os bancos reduzam as vendas para não terem de pagar o compulsório — diminuindo a demanda de dólares de R$ 16,8 bilhões, em dezembro de 2010, para R$ 10 bilhões.

Outro objetivo é diminuir a queda do valor do dólar causada pela especulação cambial dos bancos, que vendem dólares no mercado à vista e futuro — mas são dólares que as instituições não têm. No longo prazo, os bancos estavam apostando em uma queda do dólar, o que aumentava as vendas futuras e concretizava a aposta, apesar dos riscos econômicos desta operação.

Os bancos vão ter três meses para se adequar à nova regra. Neste período, espera-se que as instituições tenham uma demanda de US$ 7 bilhões para conseguirem se desfazer de suas posições cambiais.

Leia mais:

‘Um governo de continuidade e mudanças’

Balanço de 2010

Fontes:
Estadão - BC cria compulsório de 60% na posição vendida em dólar
Miriam Leitão - Câmbio: medida do BC não afeta as pessoas, mas os bancos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *